Edição de 2013 traz 30 capítulos sobre o desenvolvimento do ponto de vista territorial

Livro brasil em desenvolvimento Ipea lança três livros da série Brasil em DesenvolvimentoAnalisar o desenvolvimento brasileiro recente sob a perspectiva do território e as políticas públicas indicadas para aprofundar e sustentar seu caráter inclusivo. Esta é a proposta da edição 2013 da série Brasil em Desenvolvimento: Estado, planejamento e políticas públicas, que o Ipea lançou recentemente em Brasília.

Com três volumes, que reúnem contribuições de 60 autores em 30 capítulos, a obra traz discussões e dados sobre as relações federativas e as dinâmicas social e econômica do território, abordando temas como estrutura tributária, migração, recursos humanos, desigualdade regional, cultura, educação, violência, mobilidade urbana, biodiversidade, entre outros.

Na primeira parte, seis artigos reunidos propõem, a partir de diferentes pontos de vista (e de partida), conceitos e perspectivas analíticas sobre a dimensão territorial no Brasil. Em seguida, o primeiro volume traz quatro textos que enfatizam aspectos ligados a relações federativas e território, trabalhando com elementos relativos à esfera institucional e à questão tributária. Os capítulos debatem a cooperação e coordenação federativa, além dos impactos da emancipação de municípios no crescimento econômico das cidades e na divisão do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

No segundo volume, encontra-se a terceira parte do livro, composta por dez artigos, os quais abordam as relações entre dinâmica econômica e território. Os primeiros textos analisam a distribuição espacial do crescimento econômico do país e das disparidades regionais nos últimos quarenta anos. Na sequência, diversos estudos tratam de questões relacionadas aos recursos e à produção econômica do país, em especial à mão de obra qualificada. São estudadas sua dispersão no território e também a evolução regional da proficiência educacional.

A quarta parte, correspondente ao terceiro volume da publicação, discute dinâmica social e território. Neste volume, demografia, políticas sociais e a caracterização socioespacial de diferentes aspectos do Brasil atual são trazidas para a reflexão do leitor. A base do Censo 2010 é amplamente utilizada nos artigos, para produzir séries históricas e regionais em temas como migração, movimento pendular, aglomerações subnormais (favelas) e distribuição territorial dos homicídios.

Leia os volumes 1, 2 e 3 da publicação “Brasil em Desenvolvimento 2013″.

Fonte: Ipea