Galileo liftoff medium1 Sistema de navegação Galileo agora conta com 10 satélites em órbitaO sistema de navegação por satélite da Europa, o Galileo, teve mais dois satélites integrados à constelação. O Galileo 9 e 10 foram postos em órbita na sexta-feira, 11 de setembro, a partir do Porto Espacial Europeu na Guiana Francesa, a bordo do foguete Soyuz.

Todas as etapas do Soyuz foram executados como previsto, e os satélites foram liberandos em suas órbitas cerca de 3 horas e 48 minutos após a decolagem.

Dois outros satélites Galileo ainda estão programados para lançamento até o final deste ano. Estes satélites concluíram os testes no ESTEC centro técnico da ESA, em Noordwijk, na Holanda. Enquanto isso, mais satélites da constelação Galileo estão sendo fabricados pela OHB em Bremen, na Alemanha, com cargas úteis de navegação provenientes de Surrey Satellite Technology Ltd no Reino Unido, por sua vez, utilizando elementos provenientes de toda a Europa.

No ano que vem, a implantação do sistema Galileo será impulsionada pela entrada em operação do lançador Ariane 5, que pode dobrar, de dois para quatro, o número de satélites que podem ser inseridos em órbita com um único lançamento.