ESPM acaba de lançar o primeiro MBA em Big Data Aplicado ao Marketing em modalidade Educação a Distância (EAD). O curso terá início no 2º semestre de 2016, em 14 de setembro, com duração de 4 semestres.

Por que Big Data? Vivemos em um contexto empresarial em que quase todos querem “contratar soluções de big data”. Executivos de grandes corporações ouvem falar de Big Data em eventos sobre tendências tecnológicas, marketing e comportamento do consumidor e logo querem implementar em suas organizações.

Mas será que entendemos quais são os “problemas de big data” para daí concluirmos se é uma necessidade premente ou futura para nossas organizações? Afinal de contas, o que é big data, ou big data analytics? A conceituação, aplicabilidade, prática, potencial de alavancagem de desempenho e implicações gerenciais serão muito bem desenvolvidos durante o curso.

E por que aplicado ao marketing? Cada vez mais as organizações orientam-se para a criação de áreas combinadas de marketing e tecnologia. A figura do Chief Marketing Technologist é comum em grandes corporações, em especial aquelas em que a cultura de uso de informações internas e principalmente externas é grande. E marketing, relacionamento e comunicação estão na essência da ESPM.

O curso será coordenado pelo prof. Eduardo de Rezende Francisco, colaborador do Portal MundoGEO e do evento MundoGEO#Connect.

O programa apresenta uma visão contemporânea, tanto teórica como prática, que prepara o profissional do marketing no desenvolvimento de pilares fundamentais do marketing analytics, como: o entendimento do ambiente de negócios, gestão de dados e modelagem informacional, análise de redes Sociais, visual information systems, digital analytics, data mining e text Mining, cluster analysis, consumer insights, técnicas integradas de decision support systems. Disciplinas como Geomarketing e Inteligência Geográfica na Tomada de Decisão farão parte da grade.

“É imprescindível hoje em dia analisarmos o comportamento do consumido,r considerando a avalanche de dados não estruturados que se convencionou chamar de big data”, afirma o professor. “Esse novo paradigma contém muita informação – sobre hábitos, percepções e atitudes -  que deve fazer parte da compreensão do consumidor em seu relacionamento com as marcas, as empresas e os serviços em geral”. O professor conclui que “entender essa complexidade de informações passa por sua organização, e a componente geográfica é fundamental nesse contexto. Um profissional da área de geotecnologia e geoinformação precisa agregar à sua experiência conhecimentos de big data e comportamento do consumidor para fazer a diferença”.

O programa completo do curso, a ementa das disciplinas, a estrutura, os critérios de avaliação e para mais informações acesse: http://www2.espm.br/cursos/ead/mba-em-big-data-aplicado-ao-marketing.

ESPM lança primeiro MBA em Big Data Aplicado ao Marketing com destaque para Inteligência Geográfica ESPM lança primeiro MBA em Big Data Aplicado ao Marketing e destaque em Inteligência Geográfica