Visando a disponibilização de dados geoespaciais de referência e temáticos para o planejamento e execução de operações de defesa e segurança nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Exército Brasileiro publicou em seu geoportal a segunda edição da ET-EDGV Defesa F Ter.

A primeira parte desta especificação aborda dados de referência para escalas de até 1:1.000, enquanto que a segunda trata especificamente de dados de temáticos de interesse para as operações terrestres. Foram incorporadas a 1a Parte desta especificação inúmeras contribuições das instituições que estão trabalhando com o Comitê da CONCAR para incorporar à ET-EDGV 2.1.3 (Out/2010) dados geoespaciais de referência típicos de mapeamentos topográficos de grandes escalas. Assim, a ET-EDGV Defesa F Ter apresenta uma modelagem conceitual que suporta o mapeamento topográfico em escalas 1:1.000 até 1:250.000.

fgfd Exército Brasileiro lança especificação para mapeamento topográfico de grandes escalasA especificação manteve o foco na interoperabilidade e integração de dados geoespaciais. Até a publicação da ET-EDGV Nacional da CONCAR, a qual possivelmente será denominada ET-EDGV versão 3.0, esta especificação se apresenta como uma alternativa para os produtores de dados que necessitarem elaborar mapeamentos em grandes escalas.

Esta especificação foi elaborada pela equipe técnica da DSG com a colaboração de representantes do Ministério da Defesa, por meio da DHN e ICA, da Prefeitura do Município de Salvador, do Estado da Bahia e do Governo do Distrito Federal. Para a validação da modelagem, foram utilizadas as bases de dados fornecidas pelos municípios de Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Cuiba, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza e Manaus.

Assim, além dos órgãos acima, esta versão incluiu a transcrição (total ou parcial) das contribuições dos seguintes órgãos da administração pública efetivadas no contexto dos trabalhos do Comitê da CONCAR: Ministério das Cidades – Mcid; Ministério das Comunicações – MC; Ministério da Cultura – MinC; Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS; Ministério da Educação – MEC; Ministério da Integração Nacional – MI; Ministério do Meio Ambiente – MMA; Ministério de Minas e Energia – MME; Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – MPOG-SPI; Ministério da Saúde – MS; Ministério dos Transportes – MT; Ministério do Turismo; Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC; Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL; Agência Nacional de Petróleo – ANP; Agência Nacional de Telecomunicações – ANATEL; Agência Nacional de Transportes Aquaviários – ANTAQ; Associação Nacional de Empresas de Aerolevantamento – ANEA; Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT; Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – INFRAERO; Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA; Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE; Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio; Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA; Secretaria de Aviação Civil – SAC; Secretaria do Patrimônio da União – SPU.

Para possibilitar a operacionalização da produção e uso dos dados previstos nesta norma, a Diretoria de Serviço Geográfico (DSG) implementou a mesma em PostGIS e Spatialite. Estas novas implementações desta norma estão disponibilizadas para a comunidade na versão 2.0 do plugin DSGTools. Nesta versão, a DSG efetuou diversas melhorias para melhorar o funcionamento das ferramentas do plugin tornando-o mais estável e, assim, fomentar a utilização do QGIS em conjunto com a nova especificação técnica do Exército Brasileiro. Vale ressaltar que todas as funcionalidades do DSGTools estão disponíveis para ambas as implementações da ET-EDGV.

Para maiores informações sobre a ET-EDGV Defesa F Ter acesse o página do Geoportal do Exército Brasileiro

Para maiores informações do plugin entrem em contato com a equipe de desenvolvimento por meio do e-mail suporte.dsgtools@dsg.eb.mil.br ou acesse: http://www.geoportal.eb.mil.br/index.php/qgis-menu/dsgtools/dsgtools-generalidades

Fonte: DSG