Uma das questões mais recorrentes para quem trabalha com Georreferenciamento é esta: afinal, como trabalhar com pontos virtuais segundo a Norma do INCRA?

Você já sabe como como criar vértices virtuais de acordo com a Norma Técnica para Georreferenciamento de Imóveis Rurais do INCRA? Leia até o fim para ver como vencer este desafio…

Nos eventos que temos realizados, desde o lançamento da primeira edição da Norma, uma das questões mais recorrentes é: afinal, como medir pontos virtuais ou inacessíveis?

Vertice Virtual 370x370 230x230 Como criar pontos virtuais de acordo com o padrão exigido pelo INCRAAntes de mais nada, vamos recapitular este assunto:

A 3ª Edição da Norma (baixe aqui o pdf) define diferentes padrões de precisão de acordo com os tipos de limites:
• Artificiais (melhor ou igual a 0,5m)
• Naturais (melhor ou igual a 3m)
• Inacessíveis (melhor ou igual a 7,5m)

Os tipos de vértices são definidos em função da sua caracterização em campo e da forma de posicionamento (direto ou indireto), conforme definições constantes do Manual Técnico de Limites e Confrontações (baixe aqui o pdf).

Entende-se como posicionamento direto aquele em que se ocupa diretamente o vértice de interesse com um instrumento de medição.

De acordo com INCRA, produtos de sensoriamento remoto podem ser utilizados no Levantamento por Método Indireto.

No entanto, é importante lembrar que esse método se aplica à determinação de coordenadas em limites considerados inacessíveis.

Ou seja, segundo o INCRA, é necessário que haja o impedimento para levantamentos topográficos em função da existência de obstáculos físicos no percurso de equipe de topografia para a demarcação dos limites do imóvel.

Nesse caso, de acordo com o INCRA, o produto de levantamento por sensoriamento remoto deve ter precisão melhor ou igual a 7,5 metros, para permitir a representação em escala 1:25.000 ou maior, com Padrão de Exatidão Cartográfica (PEC) classe A.

Reunimos um conteúdo sobre este assunto que vai facilitar sua vida e você nunca mais vai ter dúvidas sobre como e quando considerar um ponto como inacessível e usar imagens pra definição das coordenadas.

Esta é uma chance única de participar em um curso online sobre este tema inédito, com a instrutora Margarete Maria, que mostrará na teoria e na prática como trabalhar com pontos virtuais de acordo com o padrão exigido pelo INCRA.

Marque na sua agenda: o treinamento será realizado no dia 14 de setembro às 20h e as inscrições já estão abertas:

Registre-se agora e marque na sua agenda pra assistir ao vivo

O ideal é assistir o curso ao vivo para tirar dúvidas com a instrutora, mas caso você tenha qualquer imprevisto e não possa participar, terá acesso a todos os materiais (vídeo, pdf, etc.) depois do curso.

Confira a ementa completa do curso online do dia 14 de setembro:

• O que são vértices virtuais

• Quando utilizar os vértices virtuais

• Precisão esperada para vértices “tipo V”

• Posicionamento por Geometria Analítica: paralela

• Posicionamento por Geometria Analítica: Interseção de retas

• Posicionamento por Sensoriamento Remoto:
- Como baixar imagem Landsat 8
- Obtendo as informações da imagem
- Configurando o QGIS para o projeto
- Importando a imagem Landsat 8
- Reprojetando a imagem para Sirgas2000
- Importando o perímetro do imóvel
- Georreferenciamento da imagem com a planta
- Sobre as faixas multiespectrais da imagem
- Composição Colorida RGB com três bandas multiespectrais
- Sobre o realce automático
- Calculando a coordenada do vértice virtual

• Quando emitir ART

• O que deve ficar guardado

• Itens relevantes

Inscreva-se agora mesmo e garanta sua vaga
Margarete Oliveira2 Como criar pontos virtuais de acordo com o padrão exigido pelo INCRAA instrutora será Margarete Maria. Cursou Geoprocessamento no Instituto Federal de Goiás (IFG) e diversos cursos e seminários ligados à área de Georreferenciamento de Imóveis Rurais, Imagens de Satélite, Cadastro Ambiental Rural (CAR), dentre outros. É sócia-fundadora da empresa TGR Treinamentos, onde atua como instrutora de cursos teóricos e práticos na área de montagem de processos para Georreferenciamento e Certificação de Imóveis Rurais, levantamento em campo utilizando GPS e RTK , Reserva Legal, CAR, entre outros. Trabalha há mais de seis anos com Georreferenciamento de Imóveis Rurais e montagem de processos de Georreferenciamento e Reserva Legal, atendendo pessoas físicas e jurídicas de diversos estados do Brasil. Participa como palestrante na conferência MundoGEO#Connect LatinAmerica, em seminários online MundoGEO e como articulista na revista MundoGEO, sobre o tema Georreferenciamento e Certificação de Imóveis Rurais.

virtual 600x300 Como criar pontos virtuais de acordo com o padrão exigido pelo INCRA

Fonte: GEOeduc