O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística debate com produtores, usuários e especialistas o futuro das estatísticas, e informações geocientíficas e ambientais brasileiras

O presidente do IBGE, Paulo Rabello de Castro, abriu hoje (5/12), no Rio de Janeiro (RJ), a 3ª Conferência Nacional de Produtores e Usuários de Informações Estatísticas, Geográficas e Ambientais – Infoplan, que reúne representantes de quase 200 organizações públicas e privadas, 350 especialistas brasileiros e estrangeiros e cerca de 2 mil participantes.

logo 3conferencia 1 IBGE debate com a comunidade o futuro das estatísticas e informações geocientíficasAté sexta-feira (9/12), no Centro de Convenções Sulamérica (Av. Paulo de Frontin, 1 – Cidade Nova), serão discutidos, em nove sessões plenárias, 30 palestras e 111 mesas redondas, os principais temas que envolvem a produção e a utilização de informações estatísticas, geocientíficas e ambientais, tendo como fio condutor o lema “Coordenação para o Planejamento”.

Entre os assuntos em destaque estão desenvolvimento sustentável, Big Data, Justiça e segurança pública, saúde e educação, mudanças climáticas, estatísticas do trabalho, redes sociais para captação de informação, recursos naturais, ecossistemas, cobertura e uso da terra, compartilhamento de informações e acesso a registros administrativos, grupos populacionais específicos, estatísticas de turismo, estatísticas de desastres e eventos extremos e cultura.

Todas as informações sobre a 3ª INFOPLAN estão disponíveis aqui. As inscrições ainda podem ser feitas, no local do evento, mediante o pagamento da taxa no valor de R$ 50, em dinheiro.

Frente Parlamentar da Geografia, Estatística e Meio Agroambiental

Na abertura da 3ª INFOPLAN, será lançada a Frente Parlamentar Mista da Geografia, Estatística e Meio Agroambiental (FP-GEMA), uma associação suprapartidária integrada por deputados e senadores, destinada a estudar, discutir e encaminhar questões de legislação relativas às áreas de geografia, meio agro-ambiental e estatística, visando ao desenvolvimento institucional das entidades governamentais atuantes na produção, gestão, uso, compartilhamento e disseminação de informações.

Com isso, espera-se que a GEMA possa contribuir efetivamente no planejamento público e privado dos setores chaves para o desenvolvimento sustentável brasileiro.

Mudanças climáticas e lançamento de produtos do IBGE

Além das plenárias, palestras e mesas redonda, a conferência sediará um evento paralelo sobre Estatísticas Relacionadas às Mudanças Climáticas, amanhã (terça-feira, 6/12), de 13h30 às 17h30, do qual participarão os principais especialistas sobre mudanças climáticas do país, com a presença de representantes do IBGE, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Ministério do Meio Ambiente (MMA) Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet); Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden); Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), BNDES, Embrapa Solos, Serviço Florestal Brasileiro (SFB), Ministério da Saúde (MS) e Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Durante a INFOPLAN, serão lançados o novo Sistema IBGE de Recuperação Automática (Sidra), no dia 6 de dezembro, às 11h; o Relatório de Monitoramento da Variação do Nível Médio do Mar nas Estações da Rede Maregráfica Permanente para Geodésia (RMPG) – 2001-2015, no dia 8 de dezembro, às 11h; e a Pesquisa de Inovação Tecnológica – Pintec 2014, no dia 9 de dezembro, às 11h.