conexão sp 1 300x168 Evento gratuito sobre BlockChain acontece nessa quarta em São PauloA Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência Tecnologia e Inovação (SDTCI) do Estado de São Paulo realizará no dia 23 de agosto de 2017 o encontro Revolução Blockchain: Conexão SP- Canadá para Inclusão e Prosperidade. A organização do evento tem parceria com a Investe São Paulo, Blockchain Research Institute e Consulado do Canadá.

O encontro reunirá empresas e especialistas para a discussão sobre a internet de valor e seu impacto nas mudanças tecnológicas do mundo. O evento contará com a palestra de Don Tapscott, escritor e pesquisador canadense, especializado em estratégia corporativa e transformação organizacional. Haverá também painéis temáticos, em que as empresas Intel, Microsoft e IBM apresentarão as novidades e ações voltadas à “internet de valor”.

Outro tema abordado será como esse novo sistema é empregado no poder público. Na ocasião, os participantes poderão conhecer o novo jogo eletrônico Terra da Sabedoria, desenvolvido pelo Setor de Economia Criativa da SDECTI com a proposta de usar o sistema de criptomoedas em políticas públicas voltadas para inclusão econômica e social.

O evento é gratuito, com inscrições via formulário e será realizado na Investe SP (av. Escola Politécnica, 82, Jaguaré, São Paulo).

Mais informações pelo e-mail sdecti.comunicacao@gmail.com.

Ucrânia usa blockchain para evitar fraudes em propriedades rurais

O uso do blockchain está extrapolando os limites da inciativa privada e os governos começam a vislumbrar sua utilidade. Na Ucrânia, o ministério responsável pelos títulos de terras e produção agrícola autorizou o uso de blockchains para identificar propriedades rurais. Lá, assim como no Brasil, os índices de fraudes são grandes e a tecnologia está sendo considerada uma das maneiras de evitar problemas nos registros de propriedades.

Historicamente, a Ucrânia sofre com essa questão e o ministro de Política Agricultural e de Terras, Maksym Martyniuk, informou que os testes começarão a partir de outubro. Com isso, o governo ucraniano pretende impulsionar o mercado de terras, hoje fortemente desvalorizado por causa das fraudes e do mercado negro, e estimular os leilões de propriedades.

block chain 300x211 Evento gratuito sobre BlockChain acontece nessa quarta em São PauloCom o blockchain, cada propriedade receberá uma identificação em blockchain, com forte nível de segurança, o que dificultará transferências pelo mercado negro. Dessa forma, o governo da Ucrânia espera aumentar o valor das terras e garantir segurança jurídica para os proprietários. Hoje, 75% do país é classificado como terra agrícola.

Além da Ucrânia, outros países já começaram a usar, institucionalmente, o blockchain como chave de segurança na organização de informações, como Tunísia, Suíça e Senegal. Na Suíça, o Banco Central estuda anexar o blockchain à sua moeda ou, até mesmo, começar a trabalhar com o conceito de moeda digital.

Ao permitir que informação digital seja distribuída, mas não copiada, a tecnologia de BlockChain está criando uma nova forma de interação com dados na internet. Enquanto o termo “chain” refere-se a uma cadeia de transações sob a forma de registros sobre ativos – que podem ser dinheiro, imagens, dados, mapas, documentos – , o termo “block” refere-se ao agrupamento das transações entre si.

A tecnologia blockchain é vista como a principal inovação a partir da criação da moeda Bitcoin, visto que é a prova de todas as transações na rede. Seu projeto original tem servido de inspiração para o surgimento de novas moedas digitais e de bancos de dados distribuídos.

Com informações de Experience Club, Blockgeeks e IBM