As empresas precisam pensar novos modelos de negócio, incluindo formas de interação com seus clientes, trazendo expansão e lucratividade para o negócio

Aplicativos móveis, Big Data/Computação cognitiva, Nuvem e Engajamento Digital. Tais pilares da chamada Transformação Digital tem impactado diretamente todos os setores da sociedade, desde como ensinar e formar novos profissionais frente aos desafios atuais, bem como nos Negócios, onde Governos e Corporações – do pequeno ao grande – buscam a integração de tecnologias existentes para otimização e resolução de seus problemas de negócio.

Seja uma empresa analisando seus pontos de venda e potenciais clientes, uma indústria visando novos centros produtores e consumidores, o agronegócio maximizando a produtividade por hectare ou governos que devem planejar e intervir de maneira cidadã, estas têm em comum o Espaço Geográfico, a ser entendido e apreendido pela Inteligência Geográfica, ou seja, a Geografia e Tecnologias integradas para olhar o mapa, tomar decisões com base em dados e análises e agir no menor tempo e custo possível.

Graças ao exponencial avanço tecnológico, vivemos em uma sociedade em rede, ágil e conectada; se antes o Geoprocessamento, SIG/GIS, Sensoriamento Remoto e Sistemas de Localização eram complexos (e de alto investimento), incluindo configurações de hardware, software e restritos a um pequeno número de superespecialistas, hoje estão intuitivos e disponíveis no dia a dia de qualquer pessoa.

Como Empresas e Governos Inovadores já estão vivenciando a Transformação Digital para o entendimento, tomada de decisão, ação territorial e retorno de seus investimentos em Tecnologias da Informação?

O mini-curso Da Decisão à Ação Geográfica vai acontecer no dia 15 de maio das 13h30 às 19h com destaque na programação do MundoGEO#Connect 2018. Ao final deste curso, pretende-se que os participantes possam discutir e iniciar mudanças nos processos de negócios que estão envolvidos, incorporando a Inteligência – por meio da Gestão do Conhecimento – e a Transformação Digital em seus fluxos de trabalho, com novas formas de interação entre seus atores e as tecnologias, visando expansão e lucratividade de maneira planejada.

transformacao digital 400x338 Transformação Digital, Geotecnologias e novos modelos de NegóciosConfira os tópicos que serão abordados:

• A Transformação Digital e os Negócios
- Afinal, do que estamos falando?
- Evolução ou Disrupção
- A Sociedade em Rede
- Ondas e Mudança de Cultura
• Ciclo da Gestão do Conhecimento
- Do Dado à Inteligência
- Geoprocessamento e Sistemas de Informações Geográficas hoje
- Porque não falar de Geoprocessamento
- A Inteligência Geográfica – Território, Paisagem e Lugar
• O mindset geográfico
- Uma corporação geodata-driven
- Somando para ganhar: CRMs, ERPS, BIs e SIGs
- Quebrando as paredes do “departamento de mapas”
- Estratégias e ações
• Novos paradigmas explanados
- WebGIS: muito além de pontos e rotas no seu dispositivo
- Geodesign: Planejamento e Gestão 4.0
- Metodologia e Sistemas para implementação de soluções
- Design Thinking em Projetos de Inteligência Geográfica
• Da Decisão à Ação na prática
- Pensamento visual: criando seu portfólio de cases em mapas interativos
- Realizando análises espaciais em ambiente WebGIS
- Discussão de Estudos de Caso: Empresas, Smart City e Smart Farm

Confira a programação completa e garanta sua vaga

abima 400x453 Transformação Digital, Geotecnologias e novos modelos de NegóciosO instrutor do curso será Abimael Cereda Junior. Geógrafo, professor, consultor e palestrante da Georesults (Geografia das Coisas), atua em Empresas e Universidades apoiando-as a alcançarem resultados por meio da Inteligência Geográfica, com a disseminação de Tecnologias e Geografia em seu estado-da-arte, desenvolvendo habilidades e competências de negócio por meio de capacitação e formação em Agricultura Digital, Cidades Inteligentes e Ensino. Pesquisador colaborador na Unicamp, também é docente em cursos de pós-graduação e extensão, como UFSCar, UERJ e FACENS. Com Especialização em Geoprocessamento, Mestrado e Doutorado em Engenharia Urbana, tem como área de pesquisa e atuação a incorporação da Inteligência Geográfica nos processos de planejamento e gestão público e privado, bem como o desenvolvimento e aplicação de métodos e técnicas para análise espacial de dados geográficos, para além das Smart Cities e Smart Farms.

Fonte: MundoGEO#Connect