Portal será progressivamente ampliado e periodicamente atualizado

O Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (Inea –RJ) realizará uma cerimônia no próximo dia 4 de abril para celebrar o lançamento da Base de Dados Espaciais, o Portal GeoInea, na sede do Instituto, na capital fluminense.

O Portal GeoInea é um canal eletrônico que tem como objetivo promover e facilitar o compartilhamento dos dados geoespaciais produzidos pelo Instituto, atendendo um público que abrange a sociedade, o poder público (todas as esferas), as instituições de pesquisa e a iniciativa privada, dentre outros usuários que utilizem dados georreferenciados.

A iniciativa tornou-se realidade desde que o Inea fez a adesão junto à Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (Inde). Hoje, o órgão utiliza a infraestrutura do servidor de dados disponibilizado pelo Governo Federal para armazenar e estruturar os dados de forma padronizada, atendendo às especificações da legislação federal vigente sobre a temática. Dessa forma, o Inea busca compartilhar suas informações geoespaciais junto à Comunidade Geo.

geoinea 300x240 Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro lança portal GeoIneaA interface de compartilhamento dos dados é uma aplicação elaborada na plataforma do ArcGIS Online da Esri, que busca, de forma intuitiva e rápida, levar o usuário aos dados que necessita.

Nessa aplicação estão presentes os dados produzidos pelo Inea-RJ, bem como de outros órgãos que possuem geoserviços de dados complementares aos do órgão estadual ambiental, como, por exemplo, IBGE, ANA e ICMBio.

O usuário poderá visualizar, fazer busca no catálogo de metadados, elaborar mapas rápidos, fazer download dos dados georreferenciados em formatos como shapefile, kml, Geotiff, entre outros.

O Portal GeoInea será progressivamente ampliado e periodicamente atualizado, e o usuário poderá se cadastrar para receber notícias sobre o compartilhamento de novas informações.

O setor responsável pela manutenção desse canal de compartilhamento é a Coordenadoria de Gestão do Território e Informações Geoespaciais (Coget), que também ficará à disposição para dúvidas e sugestões.

Geoinformação & Disrupção: Criando Novos Mercados

Como a cadeia produtiva da Geoinformação pode se adaptar às rápidas e constantes mudanças que estão ocorrendo e também buscar novos mercados?

Toda esta evolução digital está baseada em tecnologia móvel, a combinação de inteligência artificial e a observação da Terra, serviços automatizados de localização, big data e análises geográficas em tempo real.

No seminário Geoinformação & Disrupção, que vai acontecer no dia 15 de maio na abertura do MundoGEO#Connect 2018, especialistas estarão reunidos para debater estas tendências e desvendar os melhores caminhos para as empresas do setor continuarem a prover soluções para uma cadeia consumidora corporativa da análise geográfica cada vez mais ampla e exigente.

Veja a programação completa e confira como foi a última edição, que contou com mais de 3 mil participantes: