Comunidade está convidada a participar e conferir os resultados em primeira mão no próximo encontro do Fórum Empresarial de Drones

Para operar um drone com segurança é imprescindível conhecer e cumprir a legislação e adotar boas práticas de segurança.

O primeiro passo é registrar o drone na Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL). Esta medida visa evitar interferências desses aparelhos em outros serviços, como as comunicações via satélite.

Na sequência, para usar o drone para uma atividade comercial, deve-se conhecer a ICA 100-40 e fazer o registro do drone e operador para cada serviço que for executar, na plataforma SARPAS, desenvolvida pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

E finalmente, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) é o órgão competente para fornecer a documentação necessária para pilotos e aeronaves. Para o cadastro obrigatório de drones entre 250 gramas e 25 quilos e que não voarão além da linha de visada (BVLOS) ou acima de 400 pés acima do nível do solo, é usada a plataforma SISANT.

É importante lembrar que, para atividades relacionadas a Aerofotogrametria, deve-se consultar a legislação específica do Ministério da Defesa.

Pesquisa: avaliação e sugestões da regulamentação dos Drones no Brasil

avaliacao regulamentacao drones 400x400 Pesquisa: avaliação após 1 ano da regulamentação dos DronesNo dia 14 de maio, um dia antes da abertura da feira DroneShow, acontece em São Paulo o 5º Fórum de Empresários de Drones. Faz parte da programação do evento uma avaliação da atual legislação dos drones no Brasil.

A organização do evento convida toda a comunidade envolvida com drones a avaliar e dar sugestões para que possam ser discutidas no Fórum com a ANAC e DECEA. Apesar da ausência do Ministério da Defesa, o objetivo do encontro também é reunir avaliações e sugestões sobre a atual legislação que regula as atividades de aerolevantamentos no Brasil.

O formulário de avaliação e sugestões estará aberto até 10 de maio: www.droneshowla.com/avalia-regras-drones

5º Fórum Empresarial de Drones

Os principais empresários da cadeia produtiva do setor – formada por fabricantes, importadores e prestadores de serviços, juntamente com as entidades reguladoras – se reúnem semestralmente desde 2015. Entre temas técnicos e de negócios, o Fórum se consolidou como o principal espaço para o setor empresarial se reunir, mapear seus desafios, se comunicar com o mercado e também com os órgãos de segurança pública e reguladores, como ANAC e DECEA.

Nessa quinta edição do Fórum, a proposta é mostrar o estágio atual do mercado um ano após a regulamentação pela ANAC e DECEA. Quais os avanços, pendências e novas perspectivas, sob o ponto de vista da legislação, contratação de serviços com qualidade, rentabilidade e segurança jurídica, além dos novos mercados para o setor.

Além dos empresários do setor, a expectativa do evento é ter a presença de representantes de empresas privadas e públicas, compradoras e contratantes de drones e inteligência embarcada.

Conheça a programação completa e faça sua inscrição no www.droneshowla.com/forum-empresarial-de-drones-5

Fonte: DroneShow