IGD mundoGEO2 150x150 Projeto Mapas Coletivos é lançado em São PauloFoi lançado no último dia 8 pelo Instituto Claro, a Associação O Eco e a Rede Nossa São Paulo o projeto Mapas Coletivos, uma ferramenta que irá mensurar a qualidade de vida de São Paulo. O site servirá para coletar dados e gerar novos indicadores acerca da maior cidade do país.

“Queremos proporcionar acesso livre e de qualidade a dados cruciais para os cidadãos” explica um dos idealizadores do projeto, Gustavo Faleiros, coordenador de projetos de ((o))eco. O site foi um dos quatro ganhadores da segunda edição do Prêmio Instituto Claro, escolhido entre mais de 1380 inscritos por sua proposta de inovação no meio urbano. O projeto foi concebido por Faleiros em parceria com Juliana Mori.

A ideia é que qualquer pessoa possa criar seus próprios mapas e convidar o público a colaborar. Os temas do mapa, ligados à discussão de sustentabilidade urbana, são os seguintes: Áreas Verdes, Mobilidade, Qualidade do Ar, Água, Acessibilidade, Cultura, Educação, Alimentação, Limpeza e Saúde, mas há também estímulos a relatos pessoais, feitos na seção Minha SP. Nessa parte do site, é possível ler histórias da relação afetiva dos paulistanos com sua cidade.

A plataforma, que utiliza o software aberto Ushahidi, foi feita para ser usada na internet. Porém, em breve, será lançado também o aplicativo para celulares. “O principal conceito é promover a geração de indicadores colaborativos como forma de engajamento dos cidadãos na arena pública”, explica Faleiros.

O site pode ser conhecido clicando aqui.

Fonte: O Eco

share save 171 16 Projeto Mapas Coletivos é lançado em São Paulo