novembro | 2013 | GeoDrops

GeoDrops

Entrevista sobre Engenharia Cartográfica

Por Eduardo Freitas | 16h53, 29 de Novembro de 2013

Vale a pena conferir esta entrevista (um pouco longa .. mais de 25 minutos) sobre Engenharia Cartográfica com o professor Antonio Tommaselli, da Unesp de Presidente Prudente, para o programa Ciência Sem Limites:

Eu conheci o prof. Tommaselli em março de 2012 em Presidente Prudente, quando participei na organização do Workshop Galileo para Aplicações de Gestão de Terras – Resultados e Perspectivas do Projeto Encore, um evento de encerramento de um projeto que tinha como objetivo criar um protótipo de receptor baseado no sistema europeu de navegação por satélites Galileo para o georreferenciamento de imóveis rurais.

Workshop Encore Entrevista sobre Engenharia CartográficaDepois do evento houve uma confraternização com outros grandes especialistas em Geodésia e Cartografia, como os professores João Francisco Galera Monico, Amilton Amorim, Mauricio Gallo (Unesp PP), Claudia Krueger (UFPR) e nosso colega português Pedro Freire da Silva, da empresa Deimos. Junta, esta turma colocaria facilmente um sistema GNSS de pé. icon smile Entrevista sobre Engenharia Cartográfica

 

share save 171 16 Entrevista sobre Engenharia Cartográfica

Erros de gravação na TV MundoGEO

Por Eduardo Freitas | 20h05, 14 de Novembro de 2013

Sexta-feira de manhã é o dia em que eu mais me diverto aqui na MundoGEO, com a gravação dos vídeos com os destaques da semana.

Eu e meus colegas Alexandre e Guilherme vamos pro estúdio e o que se vê é um festival de esquecimentos, gaguejadas e eventualmente um ou outro ataque de riso.

Geralmente não levamos menos do que 1 hora pra gravar um vídeo que acaba ficando com 3 ou 4 minutos, como este da semana passada, que tinha como foco o fim do prazo para georreferenciamento de imóveis rurais, mas no fim (a partir de 3min17s) conta com uns errinhos de gravação:

Gostou? Dá um joinha!

E não se esqueça de se inscrever no canal para receber os vídeos em primeira mão icon wink Erros de gravação na TV MundoGEO

share save 171 16 Erros de gravação na TV MundoGEO

Qual o perfil do Gerente de Projetos GIS?

Por Eduardo Freitas | 20h02, 07 de Novembro de 2013

Você sabe quais os requisitos quando uma empresa deseja contratar um profissional para gerenciar projetos que tenham como foco a componente geoespacial?

Pois é, eu também não.

Na verdade, o perfil varia muito de acordo com o que realmente a empresa deseja que o profissional faça. Podem ser requisitos mais voltados para o gerenciamento de projetos – apenas com conhecimento superficial de como as diversas variáveis se relacionam no espaço -, ou então a companhia quer um profissional com profundos conhecimentos em sistemas de informações geográficas, bancos de dados espaciais, modelagem espacial, entre outros temas ligados a esta ciência – e que conheça os conceitos e aplicações das ferramentas para gerenciamento de projetos. Melhor ainda se for um especialista nas duas áreas, mas este profissional é escasso no mercado e contratado a “peso de ouro”.

gerente projetos sig Qual o perfil do Gerente de Projetos GIS?Para exemplificar, veja esta vaga nos EUA divulgada recentemente no LinkedIn. O perfil pede o seguinte: “We are seeking an experienced GIS Technical Project Manager [...] to help manage a variety of GIS projects.  The position requires knowledge of geographic information systems and computer based technologies, experience with utility company maps and GIS data as well as proven experience in managing GIS projects”.

Ainda, entre os requisitos pode-se ver a necessidade de experiência em softwares da família Esri, Smallworld, Intergraph, etc.; desejável certificação PMI e graduação em Geografia, Ciência da Computação ou similar. Ou seja, a empresa quer um profissional experiente, que conheça GIS e TI.

A título de curiosidade, esta outra vaga no Afeganistão – também disponível no LinkedIn – tem como requisitos conhecimentos em gerenciamento de projetos e nos softwares ArcGIS Desktop 10.2, ArcGIS Server, Microsoft Access, Microsoft SQL Server, Geo PDF, MGRS Conversion e ERDAS Imagine, mas além disso o “candidato” tem que provar que consegue vestir um colete a prova de balas de aproximadamente 12 quilos enquanto atravessa correndo um terreno com obstáculos.

Alguém se habilita?

share save 171 16 Qual o perfil do Gerente de Projetos GIS?

Meteorologia na Berlinda

Por Eduardo Freitas | 19h30, 05 de Novembro de 2013

A meteorologia está na boca do povo, seja através de vídeos como este – do canal Porta dos Fundos – ou nas páginas de ‘denúncia’ dos jornais, pois a previsão do clima no Inpe só continua funcionando devido a um acordo que permitiu a mais de 70 funcionários temporários continuarem trabalhando.

Brincadeiras como esta só mostram que a previsão do tempo anda meio desacreditada ultimamente. Porém, o trabalho dos meteorologistas é árduo e as pessoas leigas acabam se esquecendo que – segundo o próprio significado da palavra – são apenas previsões e não a palavra definitiva sobre como vai ser o clima no futuro.

Previsão do clima está em risco

No início de setembro foi divulgado que a Justiça Federal anularia 111 contratos temporários do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) por considerá-los irregulares, comprometendo assim a previsão do tempo e a geração de alertas de desastres naturais. O concurso simplificado foi feito com base em uma Lei que permite o contrato de temporários para situações específicas, como emergências por exemplo, mas o Ministério Público entendeu que a situação é ilegal, pois os funcionários exercem funções de caráter permanente.

Reviravolta

Aí, no dia 10 de outubro a Justiça Federal de São José dos Campos (SP) aceitou um acordo que definiu o prazo de 45 dias para que o Inpe e o Ministério da Ciência e Tecnologia regularizem a situação dos contratos de 71 servidores temporários que estão ameaçados de demissão. O acordo suspendeu a dispensa desses funcionários, que já deveria ter ocorrido por decisão da própria justiça. O prazo está acabando!

Brincadeiras a parte, sem a previsão do tempo do Inpe, vamos ter que contar com o joelho ruim da tia que mora em São José dos Pinhais para saber como será o clima nos próximos dias.

share save 171 16 Meteorologia na Berlinda
  • Eduardo Freitas
    @eduardo
    Diretor de Operações do MundoGEO. Engenheiro Cartógrafo, Técnico em Edificações, Especialização em Gestão Estratégica de EAD. Tradutor dos informativos GeoSur e OGC Iberoamérica. Nas horas vagas: pão caseiro, comida japonesa e meia-maratona

    Diretor de Operações do MundoGEO. Engenheiro Cartógrafo, Técnico em Edificações, Especialização em Gestão Estratégica de EAD. Tradutor dos informativos GeoSur e OGC Iberoamérica. Nas horas vagas: pão caseiro, comida japonesa e meia-maratona

  •