Há cinco anos decidimos lançar a InfoGEO impressa, mesmo sabendo que a popularização da Internet provocaria mudanças no mercado editorial. Desde o começo, atentos ao que acontecia em volta, constatamos o que nosso sentimento já sabia: a Web veio para complementar e não para substituir o meio impresso.

O ato de pegar e sentir uma revista impressa é mágico. Decididamente as versões eletrônicas, por mais que os web-designers se esforcem, não exercem o mesmo fascínio. Afinal, nada como folhear uma revista novinha e se deleitar com as figuras, títulos, notícias e depois, com calma e atenção, ler reportagens e artigos que nos interessam. Sem falar nos anúncios, que principalmente em revistas de tecnologia servem para informar o leitor sobre as principais novidades do mercado.

A discussão atual é a opção dos sites das revistas em abrir ou não o conteúdo na internet. Segundo a revista Negócios da Comunicação – abril 2003, especializada na área editorial, está com os dias contados a fórmula de liberar 100% do conteúdo para atrair mais leitores e com isso obter receita via publicidade on-line.

A tendência agora é que os sites se transformem em portais de conteúdo. Desta forma eles complementam as revistas, passando a só liberar para leitura parte deste conteúdo, reservando acesso pleno on-line só para o assinante da revista impressa. Ainda segundo a reportagem, boa parte do mercado editorial brasileiro e mundial tem a convicção de que se devem promover ações efetivas como esta para valorizar e fidelizar o leitor (no caso o assinante), afinal ele é o foco principal de qualquer tipo de publicação.

O desafio agora é equilibrar estas duas formas de gerar e disseminar conteúdo. Revistas impressas têm limite de páginas, prazos de fechamento e intervalos de tempo definidos. Enquanto a internet pode disponibilizar as informações on-line.

No nosso caso, aqui na InfoGEO, temos o Portal MundoGEO. Fruto da pesquisa e da grande quantidade de material que recebemos sobre o setor, disponibilizamos no portal 3 notícias diárias e 2 textos (artigos e relatos de casos) semanais, diferentes dos publicados na revista impressa. Além disso, a revista InfoGEO na íntegra vai para o portal logo após enviada aos assinantes.

Hoje, ao acessar o MundoGEO, o assinante tem acesso para consulta a mais de 4.000 textos, incluindo todas as 29 edições já lançadas até o momento. Algumas opções são livres, como as notícias diárias e alguns artigos e reportagens, entretanto a maioria só é disponível para assinantes da revista InfoGEO.

Constatamos efetivamente que esta estratégia está sendo bem aceita, pois é cada vez maior o acesso dos assinantes pelo conteúdo exclusivo do portal. Também temos a cada mês um número maior de novos visitantes. Em maio deste ano, comemoramos resultados expressivos como: 56.000 visitantes sendo 26.500 únicos com média diária de 1.800 acessos.

pag04 Acesso na web 100% livre, só para assinantes

Emerson Zanon Granemann é engenheiro cartógrafo e editor da infoGEO. emerson@mundogeo.com.br