Os problemas técnicos com o Landsat 7 ocorridos em 31 de maio estão impedindo a obtenção de novas imagens do satélite, disponibilizadas ao país pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O problema ocorreu no equipamento eletro-mecânico chamado SLC (Scan Line Correction). Esse equipamento é um sistema que compensa o deslocamento do satélite em relação ao movimento de rotação da Terra durante as aquisições das imagens.

pag19 1 LandSat 7 enfrenta problemas técnicos
Imagem Landsat

Os usuários estão buscando alternativas, como o Spot 4, que oferece imagens compatíveis às do Landsat 7, pois ambos possuem órbitas similares e passam sobre os mesmos pontos da Terra. Ambos têm em comum a média resolução, ideal para aplicações em agricultura e meio ambiente. Outra opção é o satélite Spot 5, que foi tema da matéria de capa da InfoGEO 28 (todas as edições anteriores da revista InfoGEO estão no Portal MundoGEO, www.mundogeo.com.br, para acesso exclusivo dos assinantes). As imagens da família de satélites Spot, da empresa francesa Spot Image, possuem algumas vantagens, como a maior resolução espacial, grande precisão de posicionamento, mobilidade em tempo de revisitação, rapidez na coleta de dados e entrega dos produtos.

pag19 2 LandSat 7 enfrenta problemas técnicos
Imagem Spot

Uma das grandes vantagens é o arquivo da Spot Image, com mais de 10 milhões de imagens adquiridas desde 1986. Com o lançamento do novo satélite dessa família, o Spot 5, com 2,5 de resolução espacial, é possível atender outras aplicações, como o planejamento urbano. Os satélites Spot 1, 2 e 3 têm resolução espacial de vinte metros, enquanto o Spot 4 apresenta dez metros e, o Spot 5, cinco metros no modo pancromático sendo ainda possível a geração de imagens de 2,5 metros com o super-módulo.

Engenheiros cartógrafos se mobilizam para reativar associação

A classe dos engenheiros cartógrafos está se mobilizando em várias partes do país na defesa de seus direitos. A idéia é ativar a ABEC (Associação Brasileira dos Engenheiros Cartógrafos) e suas regionais. O grande fator de mobilização da categoria foi a Decisão PL-0024 aprovada pelo Confea (Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia), em 21 de fevereiro de 2003, que abriu o "leque" de profissionais habilitados a desenvolver atividades definidas pela Lei nº 10.267, de 2001, no tocante à regulamentação de propriedades rurais junto ao Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). A decisão do Confea garante a profissionais de nível técnico e superior de várias modalidades da engenharia o direito de executar levantamentos para os quais os cartógrafos têm formação sistemática em seus cursos de graduação. Seções regionais da ABEC estão sendo reativadas em vários estados, como Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná e Mato Grosso. No Paraná, o movimento é liderado pelo engenheiro cartógrafo Dalmar José dos Santos. Segundo ele, uma das metas é reivindicar ao CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) a criação da Câmara de Engenharia Cartográfica. "Além das conseqüências da Lei 10.267, também queremos discutir a lei de aerolevantamentos, os problemas do ordenamento territorial e a relação com as universidades", revela Dalmar dos Santos. Mais informações sobre a ABEC podem ser obtidas através do e-mail dalmar@geofotobrasil.com.br.

Congresso abordará Cartografia como instrumento de renovação política

O XXI Congresso Brasileiro de Cartografia será realizado de 29 de setembro a 3 de outubro de 2003 no Centro de Convenções Minascentro, em Belo Horizonte. O tema geral do evento é "A Cartografia, Instrumento de Renovação Política e Inovação Tecnológica". Serão promovidos cursos, mesas redondas e palestras para discutir, entre outros assuntos, a política cartográfica nacional (Concar), fontes de financiamento público para a Cartografia, divisão territorial brasileira, cadastro urbano e rural, a Lei 10.267 e o projeto de mudança do referencial geodésico (Sirgas). A programação apresenta como temas especiais: Recursos Hídricos – Gerenciamento e Monitoramento – ANA / MMA; Sistema CNS / ATM e a Cartografia – DCEA / COMAER; e Mapeamento Global – Instrumento para o Desenvolvimento sustentável – ONU. Também estão previstas sessões técnicas de Astronomia, Geodésia, Agrimensura e Topografia, Cadastro Técnico Multifinalitário e Gestão Territorial; Sensoriamento Remoto e Interpretação de Imagens, Sistema de Informações Geográficas (GIS), entre outros temas. Informações sobre a programação estão no site http://www.minasplan.com.br/cartografia/main.htm.

Revista InfoGEO é homenageada no Dia do Agrimensor

pag21 1 LandSat 7 enfrenta problemas técnicos
Emerson Zanon Granemann (à dir.) recebe homenagem

A revista InfoGEO, por meio de seu editor Emerson Zanon Granemann, recebeu pela segunda vez homenagem da comunidade de Engenharia de Agrimensura durante o "Ciclo de Palestras e Debates sobre a nova legislação de Registro de Imóveis Rurais – Lei 10.267/01 e Decreto 4.449/02", que aconteceu em Piracicaba (SP), na ESALQ – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. O evento marcou o Dia do Agrimensor, comemorado em 4 de junho. Na ocasião, para falar sobre a participação dos profissionais da área tecnológica no georreferenciamento dos imóveis rurais, estiveram presentes Wilson Lang, presidente do Confea, e José Eduardo de Paula Alonso, presidente do Crea-SP. Ainda foram realizadas as palestras "Situação da Rede Estadual Geodésica Implantada pela USP e importância do adensamento dessa rede, com apoio dos usuários, prefeituras, associações, universidades e entidades de classe", por Denizar Blitzkow; "Utilização do GPS Geodésico e Métodos de Transportes de Coordenadas Geodésicas visando ao Georreferenciamento e ao Atendimento da Lei 10.267/01", por Regis Fernando Bueno, colunista da InfoGEO; "A Importância da Normatização dos Desenhos Topográficos em Formatos Digitais, para apresentação aos Órgãos INCRA, CNIR, Registro de Imóveis, Secretaria do Meio Ambiente e outros", por Irineu Idoeta; e "Proposta de Curso de Aperfeiçoamento em Georreferenciamento de Imóveis Rurais", por Jorge Raffo. Também foram homenageados Luis Carlos Silveira, da revista A Mira, e Djacir Ramos, do PortalGeo.

pag21 2 LandSat 7 enfrenta problemas técnicos
Luis Carlos Silveira (à esq.) também é homenageado

pag21 3 LandSat 7 enfrenta problemas técnicos
Flagrante de alguns participantes do evento