O sistema de GIS (Geographic Information System) está cada vez mais expandindo sua área de atuação. Novas frentes de mercado estão se dando conta da importância de ter como aliado esta tecnologia, na busca de vencer a concorrência.

A fim de atender melhor o consumidor, a Bandeirante Energia, uma das principais distribuidoras de energia elétrica do Brasil, não perdeu tempo: finalizou a primeira fase do Projeto SIT, um sistema de informações técnicas implantado pela Edinfor – empresa especializada em Tecnologia da Informação que mapeia o cadastro da rede de distribuição e subtransmissão de toda a área de concessão.

Através da instalação de uma plataforma GIS a companhia de energia consegue visualizar toda a sua área de distribuição, e por meio de uma representação geográfica geoesquemática, obtém todos os detalhes acerca dos ativos do mapeamento da rede de energia.

pag08 1 Distribuidora brasileira de energia se rende e adota sistema de GIS
Área de concessão da Banderante

Para o diretor de Distribuição da empresa, Agostinho Barreira, o projeto SIT trará diversos benefícios, como o aumento da eficiência e flexibilidade operacional, redução dos custos de operação e concentração de atividades de apoio, o que se tornará um diferencial da empresa no mercado.

"A partir de agora, teremos uma gestão mais eficiente dos ativos da rede elétrica, aumento da confiabilidade das informações, agilidade na tomada de decisões e melhoria dos indicadores de qualidade do serviço, oferecendo aos nossos clientes mais rapidez nos atendimentos emergenciais", afirma.

Para o coordenador funcional do Projeto da Bandeirante, Pedro Angelo Campos, "é como se sobrevoássemos a nossa área de concessão em alturas variáveis, com a vantagem de que, à medida que nos aproximamos ou distanciamos do solo, visualizamos as divisas dos municípios, bairros, hidrografia, edificações e a rede elétrica", afirma.

Nesta primeira fase do projeto houve a implantação de dois sub-módulos funcionais importantes: o GSE – Gerência do Sistema Elétrico – e o CFC – Conjunto de Ferramentas de Cálculo. O GSE consiste basicamente no cadastro exaustivo das informações das redes de sub-transmissão e
distribuição associada à cartografia de base existente na Bandeirante.

pag08 2 Distribuidora brasileira de energia se rende e adota sistema de GIS
Área de concessão da Banderante

Já o CFC permite a simulação de fluxos de potência em circuitos primários e secundários para obtenção dos parâmetros elétricos das redes, a realização de pesquisas avançadas com percursos de rede, além de outras facilidades geradas pelo ambiente gráfico.

Segundo a assessoria da empresa, a Bandeirante já está desenvolvendo a segunda etapa do projeto, voltada às atividades de manutenção e operação da rede elétrica.