O Programa Nacional de Atividades Espaci-ais (PNAE) é estratégico para o desenvolvimento do país. A afirmação foi feita pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos, em entrevista à TV Nacional no final de dezembro.

"Por meio do programa espacial, a gente pode ter as telecomunicações melhoradas, monitoramento da Amazônia e geoprocessamento para uma política de segurança pública mais inteligente, onde se possa saber onde está ocorrendo a criminalidade e se possa ter o efetivo na rua. Além disso, podemos fazer previsão de clima e tempo que é tão importante para a agricultura familiar", ressaltou.

O PNAE trabalha na capacitação em sistemas espaciais, apóia a participação brasileira na Estação Espacial Internacional, incentiva pesquisas e estimula a transferência de tecnologias do setor espacial para as demais áreas produtivas. O programa abrange um período de dez anos e é planejado para ser revisto periodicamente.

A versão atual aplica-se ao período 1998-2007 e é organizado em sete subprogramas: Aplicações Espaciais, Satélites e Cargas Úteis, Veículos Lançadores, Infra-Estrutura, Pesquisa e Desenvolvimento, Formação de Recursos Humanos, e Desenvolvimento da Capacidade Industrial Nacional.

pag30 2 No Brasil não poderia ser diferente
Imagem da Nasa mostra ônibus espacial montando a estação espacial.

Informações na internet:
www.aeb.gov.br