Cloud, computação infinita e mobile foram destaques no evento

Por Eduardo Freitas

Cerca de mil designers, engenheiros, arquitetos e artistas digitais brasileiros participaram, no dia 21 de setembro, de uma série de eventos do Autodesk University Brasil (AU Brasil) 2011, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). A revista InfoGEO esteve presente a convite da Autodesk.

O evento – que acontece há 18 anos nos Estados Unidos e foi realizado recentemente também na China e Japão – é um encontro anual dos usuários da Autodesk, empresa do setor de software 3D para design, engenharia e entretenimento.

Com o tema “O Poder da Possibilidade”, o AU Brasil ofereceu treinamentos com os mais recentes softwares de design e projetos, certificação gratuita e a chance de interagir e aprender com outros usuários e líderes da indústria.

Steve Blum, vice-presidente sênior de vendas e serviços mundiais da Autodesk, na palestra de abertura do evento, falou sobre alguns fatores que estão “mudando o jogo” na área de desenho e projetos: soluções na nuvem, computação infinita e hiperconectividade. Blum comentou, ainda, que a empresa está investindo forte na América Latina.

Já Martín Moreno, diretor da Autodesk América Latina, enumerou as áreas com maior investimento no Brasil, que incluem infraestrutura e manufatura. Acir Marteleto, gerente-geral da Autodesk no Brasil, afirmou que a companhia está criando soluções específicas para nosso país, como bibliotecas segundo as Normas técnicas brasileiras e treinamentos em conjunto com Universidades e indústria.

Karen Brewer, vice-presidente de marketing da Autodesk, mostrou-se entusiasmada com as novas soluções baseadas em computação em nuvem, como o AutoCAD WS, uma solução CAD que roda no browser e já conta com mais de 2,5 milhões de usuários.

pag52 2 Autodesk University acontece pela primeira vez no Brasil

Steve Blum, Martín Moreno, Acir Marteleto e Karen Brewer

Cases locais foram apresentados por Carlos Cabral Sales, gerente de suporte a propostas da Camargo Corrêa, que comentou sobre o uso de CAD e BIM no setor de contrução civil, enquanto Lucas Almeida, engenheiro de projetos da Andritz Hydro, enumerou as soluções para a integração de diversos elementos em uma hidrelétrica.

Em entrevista exclusiva à revista InfoGEO, Cristina Randazzo, gerente técnica da Autodesk para América Latina, comentou sobre as suites que agregam vários softwares para otimizar o fluxo do trabalho dos usuários. Na área geoespacial, o Infrastructure Design Suite conta com três níveis em função da necessidade de cada cliente: Standard, para simulação; Premium, para projeto e acompanhamento; e Ultimate, que inclui crash detections e opções adicionais de gerenciamento de projetos. Rui Gatti, gerente da área de AEC da Autodesk Brasil, fez demonstrações de projetos em 5D, que vão além das três dimensões espaciais e incluem tempo e custo.

Em 2010, a série de eventos internacionais do Autodesk University atraiu quase 30 mil designers, engenheiros e arquitetos, bem como membros da imprensa, analistas da indústria e investidores de mais de 72 países. Esse público esteve presente nas conferências realizadas em Las Vegas, Tóquio e Pequim. Agora, São Paulo entra na rota do Autodesk University.

pag52 1 Autodesk University acontece pela primeira vez no Brasil