Pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) que atuam nas áreas de engenharia e riscos geológicos realizam nesta semana, no escritório do Rio de Janeiro, treinamento – utilizando método da interferometria – em análise e tratamento de imagens de radar para detectar movimentações e alterações nos solos que possam evoluir para deslizamentos.

O curso é ministrado pelo professor alemão Jürgen Langenwalter, especialista em sensoriamento remoto, e organizado pelo Departamento de Gestão Territorial (Deget). O treinamento pretende capacitar 17 geólogos na classificação dos terrenos avaliados durante trabalhos de mapeamento de áreas de risco, que está sendo realizando pela instituição. As aulas práticas serão ministradas no município de Nova Friburgo (RJ) na próxima semana.

Mapas de suscetibilidades ir%C3%A3o auxiliar planejamento urbano no Brasil Novas tecnologias irão ajudar no mapeamento de áreas de risco

Carta de suscetibilidade a movimentos de massa, enchentes e inundações do município de Santa Maria Madalena - RJ . Fonte: CPRM

Durante a abertura, o diretor de Hidrologia e Gestão Territorial, Thales Sampaio, disse que a CPRM passa por um processo de modernização tecnológica, que busca enxergar de forma moderna as questões de riscos geológicos. “Vamos desenvolver essas imagens com softwares modernos em uma área de 1.000km² de Nova Friburgo, essa será uma experiência muito interessante”, avaliou o diretor.  Sampaio anunciou que a equipe de geólogos será ampliada com o novo concurso público que será realizado este ano.  “Teremos cerca de 190 vagas somente para geólogos”, destacou.

Para a geóloga Sheila Gatinho Teixeira, os investimentos em novas tecnologias para áreas de risco irão alavancar novos trabalhos que estão sendo desenvolvidos pela empresa. ” Poucas instituições no mundo dominam essa metodologia de pesquisa”, disse.  Outros dois técnicos do Instituto Nacional de Investigación Ecológico Minero Metalurgico (INIGEMM), do Equador, Washington Lomas e César Otavalo, também participam do curso. “Estamos aprendendo novas técnicas e como utilizar as imagens de radar”, disse Lomas.

Fonte: CPRM


Aproveite a Promoção de Aniversário e assine a revista MundoGEO! Assinando agora você ganha 30% de desconto e concorre a um navegador GPS!