Um novo conceito, ainda em discussão

Webinar Geodireito Artigo fala sobre o conceito de sustentabilidade espacialO termo “sustentável” foi difundido pelo Relatório Brundtlan, em 1987. Em sua origem, a definição de sustentabilidade tornada popular sugeria que um padrão sustentável deveria garantir “as necessidades do presente sem comprometer as necessidades das gerações futuras”.

Normalmente as discussões sobre o tema são pautadas nas dimensões econômica, social e ambiental, mas existem outras. Há mais de 20 anos Wolfgang Sachs destacou cinco dimensões da sustentabilidade:

Social: processo de desenvolvimento em que o crescimento está a serviço da construção de uma sociedade com maior equidade na distribuição de renda e bens, de modo a reduzir diferenças entre ricos e pobres. Promoção de processos participativos.

Ambiental/ecológica: capacidade de suporte dos ecossistemas, pela redução do uso de recursos não renováveis, redução da emissão de resíduos, equilíbrio no consumo de recursos naturais entre países ricos e pobres, pesquisa de tecnologias menos poluidoras, de baixo custo e eficientes, tanto para o meio rural quanto para o urbano e, finalmente, é dada pelas normas adequadas que visem à proteção do ambiente. Desenvolvimento e adoção de sistemas de monitoramento.

Espacial: obtenção de uma configuração rural-urbana mais equilibrada e melhor distribuição territorial dos assentamentos humanos e das atividades econômicas. Promoção de equidade entre diferentes regiões geográficas.


Este artigo faz parte da MundoGEO 69, revista que está disponível publicamente no Portal MundoGEO. Para continuar lendo, acesse o artigo Sustentabilidade Espacial, que faz parte da coluna GeoQuality.

Aproveite a Promoção de Aniversário e assine a revista MundoGEO! Assinando agora você ganha 30% de desconto e concorre a 15 navegadores GPS.