A devastação atingiu recentemente as Filipinas. O tufão Haiyan se transformou em um dos mais fortes ciclones tropicais já registrados em terra firme, com ventos estimados em 251 km/h. Como acontece em qualquer desastre natural, a cobertura rápida de satélite, abrangente, pode ser uma preciosa ferramenta para responder a esses grandes eventos.

No dia 7 de novembro, às 07:00 EST, várias horas antes do tufão Haiyan atingir a costa, a DigitalGlobe, companhia fornecedora de imagens de satélite em alta resolução, ativou o FirstLook – um serviço online de assinatura para gestores de emergência e clientes corporativos que fornece acesso rápido, baseado na web para geração de pré e pós evento de imagens de recursos naturais e catástrofes de origem humana.

Nos primeiros dias, após a devastação inicial, os satélites da DigitalGlobe capturaram e disponibilizaram 19 mil Km² de imagens das áreas atingidas, incluindo Tacloban City e seu entorno.

Confira abaixo as imagens de antes e depois, retratando o impacto do tufão Haiyan, disponibilizadas pela DigitalGlobe:

DigitalGlobe Hayan copy Imagens de satélite mostram a devastação do super tufão Haiyan

Imagens de satélite mostram antes e depois da passagem do tufão Haiyan

Para acessar as outras imagens comparativas, disponibilizadas pela companhia, clique aqui.


Aproveite a promoção e assine a revista MundoGEO por 1 ano com 50% de desconto e ganhe o Anuário de Empresas MundoGEO 2014!