big data22 Amazon anuncia novidades para Big Data e PostgreSQLA Amazon Web Services, uma empresa Amazon.com, acaba de lançar duas novidades para voltadas para bancos de dados: o Amazon RDS para o PostgreSQL, que gerencia tarefas administrativas complexas e demoradas, e o Amazon Kinesis, um serviço totalmente gerenciado para o processamento em tempo real de alto volume e streaming de dados. As duas ofertas ainda não têm data de disponibilidade para o Brasil, mas já podem ser adquiridas em serviços oferecidos nos Estados Unidos.

O Amazon RDS administra tarefas como a instalação do PostgreSQL e upgrades de software, gerenciamento de armazenamento, replicação para alta disponibilidade e back-ups para recuperação de desastres. Com apenas alguns cliques no AWS Management Console, os clientes podem implantar um banco de dados PostgreSQL em minutos com os parâmetros configurados automaticamente gerando um desempenho ideal. Ainda é possível provisionar um banco de dados PostgreSQL com cinco gigabytes de armazenamento para iniciar e facilmente escalar a capacidade para até três terabytes sem incorrer em qualquer tempo de inatividade. O PostgreSQL é o quarto motor de banco de dados para o Amazon RDS, que já suporta MySQL, Oracle e implementações do Microsoft SQL Server.

Com o Amazon RDS para PostgreSQL, desenvolvedores de aplicativos podem tirar partido do PostgreSQL ao realizar tarefas de gerenciamento de banco de dados para economizar tempo e poder focar na inovação da aplicação e entrega de valor aos seus clientes.

O Amazon RDS suporta os recursos de banco de dados PostgreSQL, incluindo PostGIS, indexação de texto livre e extensões de busca, oferecendo os seguintes benefícios:

• Escalabilidade e desempenho: o Amazon RDS provisiona armazenamento IOPS (PIOPS) permite aos clientes escalonar operações de I / O para 30.000 IOPS, banco de dados e alcançar rápido desempenho consistente.
• Alta disponibilidade: os clientes podem implantar aplicativos de produção do PostgreSQL usando a opção Zona multi-disponibilidade. O Amazon RDS irá operar em stand-by com um mecanismo de sistema automatizado de fail-over. O Amazon RDS para o PostgreSQL também suporta as operações de cópia cross-região, que permite aos clientes manter uma cópia de back-up em uma região diferente do banco de dados mestre para fins de recuperação de desastres.
• Segurança: os clientes podem operar bancos de dados PostgreSQL em uma rede virtual logicamente isolada, configurada e controlada com rigorosas políticas de firewall utilizando o Amazon Virtual Private Cloud (Amazon VPC).
• Flexibilidade: o Amazon RDS para o PostgreSQL suporta extensões específicas de linguagem de programação, como pgSQL, Tcl e Perl.

Para começar com o Amazon RDS visite: http://aws.amazon.com/rds/postgresql