Instituto GEOeduc iniciará uma ampla pesquisa sistemática junto aos profissionais que atuam nas universidades, empresas e instituições do setor de geomática no Brasil. Os objetivos deste projeto são dimensionar o tamanho deste mercado, prever suas demandas e comprovar sua importância na sociedade

O recém-criado Instituto GEOeduc vem ampliar o propósito da MundoGEO de conectar e integrar a comunidade que atua na área de geomática. O Instituto tem como missão oferecer um programa de educação continuada aos profissionais que atuam com informações geoespaciais e também pesquisar as demandas do setor a partir da base de dados da MundoGEO. Acreditamos que, radiografando as necessidades do setor, podemos mostrar sua força e, com isso, reforçar a importância estratégica da visão geográfica em praticamente todas as ações do homem sobre a Terra. Esta conscientização do fator GEO é importantíssima para que tenhamos uma vida moderna, melhor e mais sustentável sobre todos os aspectos.

Por que será feito?

Os resultados destas pesquisas ajudarão as instituições de ensino a conhecer melhor as demandas do mercado e, com isso, poderem ajustar seus cursos. As empresas de setor poderão adaptar seus produtos e serviços de acordo com as necessidades atuais e futuras dos usuários. Além disso, as políticas públicas do setor poderão ser melhoradas de acordo com um melhor conhecimento das capacidades e necessidades da comunidade geoespacial. Empresas privadas poderão também solicitar ao Instituto GEOeduc pesquisas mais específicas.

Como e quando será feito?

O projeto, apesar de ambicioso, vai começar com ações simples, colaborativas e que inspirem os envolvidos a colaborar. Com a coordenação executiva do Instituto GEOeduc e apoio da MundoGEO, a intenção é envolver mais instituições como parceiras neste desafio, como associações de profissionais, universidades, empresas e instituições do setor.

Ele será iniciado em janeiro de 2015 e será batizado a partir de uma pesquisa com a comunidade. A coleta de dados das pesquisas será toda no ambiente online, utilizando ferramentas de pesquisa e cadastramento.

Os resultados parciais destas pesquisas serão divulgados pelo Instituto GEOeduc, utilizando não só os canais da MundoGEO como outros veículos de comunicação. As informações e análises serão apresentadas em eventos do setor, como o MundoGEO#Connect LatinAmerica, webinars, etc..

Finalmente, o mercado de geoinformação, tão pouco conhecido, vai mostrar suas demandas e força junto à sociedade.

latitude1 Raio X do mercado de GEO

Emerson Raio X do mercado de GEOEmerson Zanon Granemann

Engenheiro cartógrafo, diretor e publisher do MundoGEO

emerson@mundogeo.com