Cemaden lança projeto de monitoramento e instala equipamentos nas áreas de riscos de deslizamentos em Mauá

mauá 300x225 Cemaden lança projeto de monitoramento em MauáPara acompanhar com maior precisão a movimentação de terra em morros e encostas nas áreas de riscos de deslizamentos, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Nacionais (Cemaden) – do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) – irá instalar equipamentos de alta tecnologia – denominado Estação Total Robotizada (ETR) nas áreas vulneráveis a deslizamentos em nove municípios em várias regiões do País, iniciando o lançamento no município de Mauá(SP). Conforme pesquisas, cerca de 95% dos desastres naturais no Brasil estão relacionados com o clima. Os deslizamentos e enchentes são os causadores de mais de 90% das fatalidades, conforme o Atlas Brasileiro de Desastres Naturais, no período de 1991 a 2012, do Centro de Pesquisa da Universidade Federal de Santa Catarina.

A cerimônia de marco do início da instalação dos equipamentos no município de Mauá(SP) – para o lançamento oficial e apresentação pública pelo Cemaden do Projeto de Sensores Geotécnicos de Pesquisa e de Monitoramento dos Morros para Prevenção de Deslizamentos- envolvendo a Prefeitura, Defesa Civil, autoridades e as comunidades de Mauá- será nesta quarta-feira (12 de agosto), às 9 horas da manhã, no anfiteatro da Escola Municipal Professora Terezinha Leardini Branco, localizada na Av. Pres. Castelo Branco – 1.884 – Jardim Zaíra – Mauá.

A Estação Robotizada é um sensor geotécnico que emite sinal a laser, o qual é refletido nos 100 prismas ( ou espelhos) instalados nos morros e encostas do município. Esses sinais emitidos permitem captar até pequenas movimentações de terra dos morros, abrangendo uma área circundada de encostas em 360 graus, cobrindo até 2,5 km de extensão.

Além da ETR, será instalado um conjunto de equipamentos para coletar dados sobre quantidade de chuvas acumuladas e de água no solo, complementando as informações sobre possíveis riscos de deslizamentos.

Os dados coletados por todos os equipamentos serão enviados, via internet, ao Cemaden, possibilitando acompanhar e monitorar qualquer risco de deslizamentos das encostas. A partir das pesquisas, as informações e dados obtidos darão subsídios para emissão de alertas prévios de movimentos de massa com maior confiabilidade.

Os moradores das áreas de riscos de deslizamentos de Mauá já estão sendo informados e esclarecidos sobre as instalações desses aparelhos próximos às moradias. Esses equipamentos não causam quaisquer interferências em outros equipamentos e nem impactos às áreas onde serão instalados.

O município de Mauá já tem parceria com o Cemaden, com oito pluviômetros automáticos, instalados em locais próximos a áreas de risco de desastres naturais, fazendo parte da rede observacional na Sala de Situação. Esses pluviômetros têm a função de medir, em milímetros, a quantidade de chuva precipitada durante um determinado tempo e local, para monitoramento do município.

Além disso, envolvendo o Projeto Pluviômetros nas Comunidades do Cemaden, também estão instalados quatro pluviômetros semiautomáticos nas áreas de risco de desastres naturais em Mauá. Esses equipamentos são operados por equipes da comunidade local, especialmente treinadas, para promover a participação e conscientização dos moradores para o enfrentamento dos riscos e vulnerabilidade a desastres naturais.

Mauá é um dos nove municípios do território nacional a receber os equipamentos de monitoramento geotécnico. As demais cidades serão: Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis e Angra dos Reis (no Estado do Rio de Janeiro), Santos (Estado de São Paulo), Blumenau (em Santa Catarina), Recife (Pernambuco) e Salvador (Bahia). Campos do Jordão (SP) foi o primeiro município a ter a instalação da ETR, no ano passado.

Cada município receberá uma Estação Total Robotizada, acompanhada de 100 prismas, além de 15 plataformas de coleta de dados, composta de um pluviômetro e seis sensores de umidade do solo. Todos esses equipamentos de alta tecnologia para o monitoramento das encostas e morros – instalados pelo Cemaden em Mauá – totalizam investimentos do governo federal, em cada município, em torno de R$ 1,1 milhão.

Fonte : Assessoria de Comunicação do Cemaden – Maria Rosário Orquiza