vagas de trainee indra company 600x300 Indra lança solução para linhas e redes de distribuição energética. ConfiraA Indra, uma das principais empresas globais de consultoria e tecnologia, reforça seu compromisso com a liderança tecnológica para o setor elétrico no Brasil ao evoluir sua solução para GIS regulatório, o InGRID BDGD, para apoiar as distribuidoras no cumprimento do PRODIST (Procedimentos de distribuição) da ANEEL.

Em consequência da resolução normativa, as concessionárias de distribuição estão obrigadas a fornecer desde janeiro de 2011 à Aneel o cadastro georreferenciado completo das linhas e redes de distribuição, dentro de um modelo de dados padrão – o já conhecido Banco de Dados Geográfico da Distribuidora (BDGD). Porém, para o ano de 2018, o relatório contará com um grande volume de novas informações estabelecido pela agência, colocando muitas distribuidoras em estado de despreparo para a entrega em 2018.

Até 2017 as distribuidoras enviavam somente os ativos cadastrados no GIS. Para 2018 também será necessário o envio de dados regulatórios de operação, recursos humanos e outros. Frente a esta nova necessidade, a Indra antecipou a customização de sua solução, dando origem ao InGRID BDGD, que atenderá ao novo modelo, incluindo funcionalidades de grande relevância na qualidade de entrega.

Entre as principais características do InGRID BDGD estão o Quality Assurance, que faz a validação prévia das informações perante o Dicionário de Dados da Aneel (DDA), possibilitando ao usuário visualizar e atuar de forma proativa antes do envio dos dados à Aneel; a Configuração DDA, que permite ao usuário administrativo configurações de alterações do dicionário sem a necessidade de intervenção da TI (regras de de-para); o Histórico das informações, que armazena a extração mensal, possibilitando um histórico para futuras auditorias e acompanhamento da evolução e crescimento dos ativos; e a Extração Shape no formato Aneel, que consiste em um arquivo gerado sem intervenções manuais para entrega à Aneel com confiabilidade e integridade ao histórico armazenado.

Desenvolvido no Brasil, o sistema InGRID BDGD é mais um resultado da aposta da Indra no desenvolvimento de tecnologias para o setor energético e fruto da experiência e conhecimento das equipes especialistas que há mais de 20 anos dedicam-se a enfrentar os desafios do mercado nacional. O sistema é baseado na solução iGEA (Geographic Enterprise Application), sistema de informação geográfica (GIS) da Indra, que otimiza a gestão de redes e ativos críticos de companhias de todos os setores, mediante a representação de milhares de objetos em tempo real.

Soluções para energia e utilities em mais de 140 companhias de 45 países       

As soluções para energia e utilities da Indra foram implantadas em mais de 140 companhias de eletricidade, água, petróleo e gás de mais de 45 países. Atualmente, mais de 100 milhões de clientes em nível mundial são gerenciados utilizando os sistemas desenvolvidos pela multinacional de consultoria e tecnologia.

Além dos mais de 50 clientes que a companhia possui no setor de energia e utilities brasileiro, na América Latina soma ainda outras importantes referências, como é o caso da ENEE (Honduras), EDENORTE e EDESUR (República Dominicana), EDH (Haiti), EPSA (Colômbia), ANDE (Paraguai), OSE (Uruguai), ENERGUATE (Guatemala), ELECTRODUNAS (Peru), AyA (Costa Rica) ou Aguas de Monterrey (México).

Igualmente, a companhia tem participado nos processos de modernização mais destacados do setor energético da África, com referências no Zimbábue, Zâmbia, Etiópia, Uganda, Camarões, Gana, Quênia e Moçambique, beneficiando com suas soluções mais de 14 milhões de clientes na região. Alguns destes países, como é o caso do Quênia, Moçambique e Zimbábue, contam com o InGRID da Indra.

Estes projetos são as referências mais recentes do importante posicionamento que ostenta a companhia na implantação de soluções próprias para o setor de utilities em âmbito global. Seu forte compromisso com a evolução tecnológica, a grande escalabilidade de suas soluções e sua capacidade para enfrentar implantações em grandes corporações são alguns de seus diferenciais.