Veja neste replay a íntegra da entrevista de Emerson Granemann com Ulf Bogdawa, num TalkShow sobre drones para agricultura, inspeção de obras, mineração e muito mais!

O TalkShow Dronegócios tem como premissa ser uma entrevista sobre um tema em destaque, de modo informal, mas sem perder o foco no assunto central. O entrevistado responde as perguntas do moderador e sempre é aberto espaço para que os participantes também enviem seus comentários e questões.

O TalkShow Dronegócios realizou sua quarta edição na última sexta-feira (28/7), onde Emerson Granemann, fundador da MundoGEO e idealizador do Droneshow, entrevistou Ulf Rainer Bogdawa, fundador da Skydrones e um dos pioneiros do mercado de drones no Brasil.

Além de contar como foi sua trajetória pessoal no setor, Ulf comentou os principais desafios a superar no mercado de agricultura, inspeção de obras e mineração neste momento especial pós regulamentação. e falou sobre os desafios de atuar com drones em diferentes áreas.

Se você não participou ao vivo, confira agora mesmo o replay

ULF3 300x224 Replay da entrevista com Ulf Bogdawa, fundador da SkydronesConfira o que foi abordado:

• Desafios de empreender no Brasil
• Ajustes necessários na regulamentação
• Comparação da atual regulamentação com outros países
• Perfil da Skydrones
• Futuro do mercado de agricultura, inspeção de obras e mineração

“Foi muito boa a entrevista com o Ulf. O relato da sua trajetória como profissional e da Skydrones se confunde com o desenvolvimento deste mercado no Brasil”, comenta Emerson Granemann. “Ele adiantou com exclusividade que a Skydrones lançará em breve um e-commerce de produtos DJI, e comentou ainda que o mercado oficialmente iniciou em maio, após a regulamentação da ANAC, elogiou os profissionais envolvidos, tanto da ANAC como do DECEA, mas criticou a burocracia que impediu que a regulamentação fosse lançada há dois anos. Detalhou, em especial, o setor de inspeção de infraestrutura com drones, comentando como funciona o setor e deu dicas sobre o que um empreendedor deve fazer para atuar neste segmento”, conclui.

Fonte: Dronegócios