Inscrições gratuitas (vagas limitadas)

evento unifesp mapeamento mangues 300x225 Unifesp realiza evento sobre Mapeamento Digital de áreas de mangueA Unifesp Baixada Santista está promovendo eventos de extensão de curta duração gratuitos sobre diversos temas, tais como sensoriamento remoto e vegetação, arqueologia subaquática, desastres naturais, manguezais, mapeamento subaquático, mapeamento de campo de dunas, astronomia de posição, entre outros.

A participação é garantida mediante prévia inscrição. Em cada evento, para sua efetiva realização é exigido número mínimo de 10 inscritos.

O próximo encontro será sobre Mapeamento Digital e Monitoramento das Áreas de Mangues do Litoral Fluminense, através de Tecnologias de Geoprocessamento e Análise Espacial, no dia 25 de setembro das 18h às 19h com apresentação do Prof. Dr. Gilberto Pessanha Ribeiro, através do relato de resultados de projeto de pesquisa aplicada.

O projeto consiste em pesquisa aplicada ao planejamento e execução do mapeamento das áreas de mangues do litoral fluminense, com suporte de tecnologias digitais de geoprocessamento.

Em síntese, serão utilizadas imagens sensoriais e fotografias aéreas ortorretificadas como base para identificação de feições geográficas e extração de informações sobre os ambientes de manguezais na zona costeira do Estado do Rio de Janeiro.

Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e Sistemas de Processamento Digital de Imagens (PDI) serão ampla e integralmente utilizados como suporte ao mapeamento proposto.

As escalas de mapeamento e de análise serão 1/50.000 com base em imagens de média resolução (LANDSAT e CBERS) e 1:5.000 com imagens de alta resolução (fotografias aéreas, IKONOS, QuickBird e WorldView) e hiperespectrais.

Os mapas e cartas a serem produzidos serão indicativos dos cenários da vegetação de mangue e também em que condições estão, nos dias atuais e no passado recente, em função de condicionantes físico-ambientais.

Bases vetoriais do IBGE e da Fundação CIDE serão utilizadas no processo de mapeamento digital, tanto no georreferenciamento de imagens como também na validação dos mapas finais, que dependerão parcialmente de feições geográficas vetoriais já mapeadas por estas instituições governamentais, quando comparadas com aquelas extraídas das imagens. Mais detalhes aqui.

Inscreva-se

Mapeamento com Drones

O uso de drones para mapeamento será tema de dois cursos (básico e avançado) que vão acontecer durante o DroneShow Plus 2018, de 6 a 8 de novembro em São Paulo (SP). Confira a programação completa.

Este tema também foi destaque em várias atividades do DroneShow 2018, que aconteceu em maio passado também na capital paulista. Veja um resumo de como foi o evento:

Imagem: Pixabay