O feito demonstra a capacidade das missões de interferometria de sensores cruzados, cujo processamento está entre os mais desafiadores

A Airbus Defence and Space e a empresa Hisdesat Servicios Estratégicos geraram o primeiro interferograma conjunto de radar usando os satélites TerraSAR-X e PAZ.

Esse marco demonstra a capacidade das missões de interferometria de sensores cruzados, cujo processamento está entre os mais desafiadores.

primeiro interferograma de radar TerraSAR X 600x463 Airbus e Hisdesat processam primeiro interferograma de radar TerraSAR X / PAZ

Interferograma cruzado geocodificado TerraSAR-X/PAZ sobre o campo de petróleo Burgan, Kuwait (Fonte: Airbus Defence and Space)

Os interferogramas são utilizados tipicamente para obter a elevação topográfica e a deformação da superfície da terra, e são criados usando pelo menos duas imagens diferentes adquiridas em datas diferentes.

Este interferograma de sensores cruzados foi criado a partir da combinação de um par de imagens mistas com um intervalo de quatro dias, adquiridas pela TerraSAR-X e PAZ (cenas de StripMap de 22 e 26 de novembro de 2018).

A área abrange o local de produção de petróleo e gás de Burgan (Kuwait) e partes do Golfo Pérsico. Esse campo de petróleo é o maior campo petrolífero de arenito do mundo e tem uma superfície total de cerca de mil quilômetros quadrados.

Visto que o satélite PAZ está posicionado na mesma órbita como TerraSAR-X e TanDEM-X e apresentam as mesmas faixas de terra e modos de aquisição idênticos, os três constituem uma constelação de satélites SAR de alta resolução, explorada em conjunto pela Hisdesat e a Airbus.

Com o lançamento do PAZ, o ciclo de repetição de observação foi dividido pela metade e isso melhora o monitoramento de fenômenos de deformação rápida de terrenos que podem pôr vidas e infraestruturas em perigo.

“Isto é um passo importante para a implementação de nossa Constelação de Radares TerraSAR-X / PAZ. O nível de precisão obtido com este interferograma representa uma garantia para os nossos clientes que podem continuar contando com o alto padrão de qualidade que estabelecemos com TerraSAR-X e TanDEM-X, mas com uma capacidade de monitoramento aprimorada”, disse Hanjo Kahabka, Head of Production and Radar Constellation Manager na Airbus Defence and Space Intelligence.

“Na Hisdesat estamos muito orgulhosos de ter atingido este marco. A interferometria é uma das aplicações técnicas mais exigentes e, graças a este esforço conjunto bem-sucedido com a Airbus, temos demonstrado não só o excelente desempenho de nosso satélite PAZ, mas também a sua plena compatibilidade com o TerraSAR-X e o TanDEM-X. Agora a operação em constelação tornou-se realidade e podemos oferecer aos nossos clientes conjuntos completos de imagens e serviços com a constelação”, disse Miguel García Primo, Chief Operating Officer da Hisdesat.

Geo e Drones na Indústria 4.0

Você já pode marcar na sua agenda: de 25 a 27 de junho acontecem em São Paulo (SP) os eventos MundoGEO Connect e DroneShow 2019, os maiores da América Latina e entre os cinco maiores do mundo no setor.

Instagram Imagem Post B1 300x300 Airbus e Hisdesat processam primeiro interferograma de radar TerraSAR X / PAZAlinhados às tendências globais e com foco na realidade regional, o tema geral dos eventos este ano será “Geotecnologia e Drones na Indústria 4.0”.

Os conteúdos dos cursos, palestras e debates estão sendo formatados por um time de curadores para atender as demandas de empresas, profissionais e usuários principalmente nos setores de Agricultura, Cidades Inteligentes, Governança Digital, Infraestrutura, Meio Ambiente, Recursos Naturais, Segurança e Defesa.

Dentre as tecnologias disruptivas que estarão em destaque, estão Big Data, Inteligência Artificial / Machine Learning, Internet das Coisas, Realidade Virtual e Aumentada, BIM, Tecnologia Autônoma, entre outras, tudo isso cada vez mais integrado às Geotecnologias (Mapeamento, Cadastro, Imagens de Satélites, Inteligência Geográfica, GIS).

Veja a programação completa de cursos e seminários e garanta sua vaga! Confira um resumo de como foi a última edição dos eventos MundoGEO Connect e DroneShow:

Imagem: Pixabay