Principal mapa digital da cidade de São Paulo participa da 9ª edição do evento MundoGEO Connect e 5º edição da DroneShow. Maratona de desenvolvimento vai estimular novas aplicações e melhorar a prestação de serviços aos cidadãos

hackatona geosampa 400x274 Hackatona GeoSampa seleciona projetos para apresentação no MundoGEO ConnectA Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU), convida você – hacker, desenvolvedor, gestor público, estudante ou apenas uma pessoa criativa – a elaborar soluções tecnológicas a partir dos dados do GeoSampa. A inovação deve facilitar e qualificar a vida dos cidadãos de São Paulo.

O concurso Hackatona GeoSampa 2019, parceria entre o Município e MundoGEO – portal especializado em geolocalização e drones, com apoio da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT) – vai premiar os três melhores projetos na feira MundoGEO Connect2019 que acontecerá de 25 a 27 de junho no Centro de Convenções Frei Caneca.

Na Hackatona poderão ser produzidos sites, aplicativos de celular, gráficos interativos e novos softwares e, ao final, a aplicação desenvolvida será entregue para uso gratuito da população.

A Hackatona

Nos dias 25, 26 e 27 de junho, o Centro de Convenções Frei Caneca vai recepcionar a 9ª edição do evento MundoGeo Connect e a 5ª edição do DroneShow – maiores eventos sobre Geolocalização e Drones da América Latina.

A expectativa para este ano é reunir 4 mil participantes, 80 expositores, 100 palestrantes, 30 atividades e 230 horas de conteúdo. As inscrições são pagas e devem ser feitas pelo site https://mundogeoconnect.com/2019.

O evento reunirá gestores públicos, profissionais experientes e novos talentos na área de tecnologia e gestão da informação visando qualificar o debate para a proposição de soluções para uma cidade inteligente, aberta e conectada.

No último dia de evento, a Prefeitura de São Paulo, em parceria com o MundoGEO, vai promover com entrada livre para todos os visitantes da feira a Hackatona GeoSampa 2019.

Além do concurso para criação de inovações, serão fomentados debates sobre a construção, manutenção e desafios do GeoSampa, e a utilização da plataforma por órgãos municipais e sociedade civil. Por fim, será realizada a Oficina GeoSampa, com o objetivo de apresentar as principais funções do portal às pessoas.

O Desafio

Durante o período de elaboração dos projetos, entre 27 de março e 13 de maio, os participantes receberão mentorias via webconferências, em datas a serem divulgadas no portal do evento.

Finalizados, os projetos deverão ser encaminhados em formato PDF até 13 de maio à comissão julgadora, composta por profissionais de reconhecida atuação em dados geoespaciais, gestão urbana e tecnologia. O arquivo deve conter, no mínimo, a descrição dos materiais e métodos utilizados, bem como o objetivo da solução proposta.

As propostas serão avaliadas em cinco quesitos: interesse público, usabilidade, criatividade, sustentabilidade e qualidade técnica.

No primeiro critério será analisada a contribuição da solução desenvolvida para melhoria da prestação de serviço público; em usabilidade, a facilidade e até mesmo a possibilidade da população contribuir com o serviço; em criatividade, se o projeto apresenta solução inovadora; em sustentabilidade, o potencial de continuidade do projeto, e por fim na qualidade técnica, o nível de conhecimento e embasamento técnico utilizado para desenvolvimento da solução.

Os Finalistas

No dia 29 de maio serão divulgados os três projetos finalistas. Os contemplados, então, deverão apresentar suas propostas ao público e à comissão durante o evento Hacktatona GeoSampa 2019, a ser realizado em 27 de junho, durante a feira MundoGEO Connect 2019, no Centro de Convenções Frei Caneca.

A Hackatona GeoSampa vai premiar os três melhores projetos com cursos de especialização, startup mentoring, smartphones, tablets ou computadores, entre outras premiações que serão divulgadas durante a elaboração dos projetos.

Confira o regulamento e participe!

interno cabecalho2 950x862 Hackatona GeoSampa seleciona projetos para apresentação no MundoGEO Connect

Saiba mais sobre o GeoSampa

Principal mapa digital da cidade em formato aberto, o GeoSampa busca fortalecer a transparência do poder público – uma das diretrizes do Plano Diretor Estratégico.

Seu conteúdo é constantemente atualizado pelas secretarias responsáveis, entre elas Saúde, Habitação, Assistência Social, Educação, Transportes, Cultura, Verde, Segurança Urbana, Fazenda, Esporte, Urbanismo e Licenciamento.
A plataforma oferece diversos tipos de informações ao usuário, como localização de bibliotecas, museus e teatros, além de escolas públicas, equipamentos de saúde, terminais de ônibus e parques.

Trata-se de uma ferramenta multifuncional, onde também é possível verificar a área do rodízio municipal, locais de risco geológico e fotos aéreas antigas.

Lançado em 8 de dezembro de 2015, o GeoSampa permanece como referência em dados geoespaciais de São Paulo, tanto que em 2018 alcançou 1,3 milhão de acessos, número 40% maior do que o registrado no anterior.

Confira a programação completa da participação do Geosampa no MundoGEO#Connect2019:

agenda geosampa Hackatona GeoSampa seleciona projetos para apresentação no MundoGEO Connect

Geo e Drones na Indústria 4.0

Você já pode marcar na sua agenda: de 25 a 27 de junho acontecem em São Paulo (SP) os eventos MundoGEO Connect e DroneShow 2019, os maiores da América Latina e entre os cinco maiores do mundo no setor. Alinhados às tendências globais e com foco na realidade regional, o tema geral dos eventos este ano será “Geotecnologia e Drones na Indústria 4.0”, com previsão de 4 mil participantes, 30 atividades e mais de 230 horas de conteúdo.

Instagram Imagem Post B1 300x300 Hackatona GeoSampa seleciona projetos para apresentação no MundoGEO ConnectOs conteúdos dos cursos, palestras e debates estão sendo formatados por um time de curadores para atender as demandas de empresas, profissionais e usuários principalmente nos setores de Agricultura, Cidades Inteligentes, Governança Digital, Infraestrutura, Meio Ambiente, Recursos Naturais, Segurança e Defesa.

Dentre as tecnologias disruptivas que estarão em destaque, estão Big Data, Inteligência Artificial / Machine Learning, Internet das Coisas, Realidade Virtual e Aumentada, BIM, Tecnologia Autônoma, entre outras, tudo isso cada vez mais integrado às Geotecnologias (Mapeamento, Cadastro, Imagens de Satélites, Inteligência Geográfica, GIS).

Perfil dos expositores da feira: prestadores de serviços de aerolevantamentos, mapeamento e cadastro; desenvolvedores de sistemas de análise espacial; provedores de imagens de satélites; fabricantes e importadores de drones; fabricantes de sensores e tecnologias embarcada; distribuidores de softwares, plataformas de processamento e análise de dados; agências reguladoras e órgão governamentais; empresas de consultoria e treinamento; distribuidores de equipamentos de geomática; empresas de mapeamento móvel, entre outras.

Veja a programação completa de cursos e seminários e garanta sua vaga! Confira um resumo de como foi a última edição dos eventos MundoGEO Connect e DroneShow:

Fonte: MundoGEO Connect 2019