Estudo foi realizado a partir de dados obtidos através da Análise Interferométrica de Satélite

Os problemas geológicos que vêm preocupando moradores do Pinheiro, em Maceió (AL), podem ser bem maiores do que se imagina.

Estudos apresentados no relatório da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) mostram que o “afundamento” constatado no bairro estaria ocorrendo em uma região muito maior.

O estudo foi realizado a partir de dados obtidos pela CPRM através da Análise Interferométrica de Satélite, que mostra que uma região entre os bairros Chã da Jaqueira, Bebedouro, Mutange, Farol, Pinheiro e Cambona está literalmente afundando em uma velocidade considerada extremamente preocupante.

O mapeamento de evidência de instabilidade do terreno descobriu uma série de anomalias entre 8 e 18 metros de profundidade na região do Pinheiro, Farol e Mutange. Também detecta a suspeita de afloramento do lado oposto da Lagoa Mundaú. Ou seja, é como se a margem da lagoa na região do Mutange estivesse afundando, e o outro lado, em Coqueiro Seco, estivesse subindo.

Estudo geologico mostra que bairros de Maceio estao afundando 300x219 Estudo mostra que bairros de Maceió estariam ‘afundando’O coordenador da equipe de pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Thales Sampaio, disse que, a depender de como as estruturas geológicas do Pinheiro estão se movimentando e de outros fatores que serão identificados pelos estudos, os problemas do bairro podem ser solucionados com projetos de engenharia. “Dependendo de como as estruturas estão se movimentando, se conseguir ver qual é a superfície de cisalhamento preferencial, é possível que, com projetos de engenharia, se consiga parar o movimento”, explica.

Sampaio informou que espera o resultado dos estudos geofísicos realizados nos últimos meses na região, que deve sair até o fim de abril, para ter uma definição mais clara do fenômeno. Segundo ele, a solução do problema que aflige milhares de famílias dependeria de um esforço multidisciplinar. “Geólogos, geofísicos, engenheiros civis, engenheiros de contenção de encostas, geotécnicos. Teria que montar uma equipe multidisciplinar, envolvendo academia, universidade, consultoria, uma série de profissionais, para conseguir estabilizar a situação do bairro”, disse.

Com informações da TV Pajuçara

Geo e Drones na Indústria 4.0

Você já pode marcar na sua agenda: de 25 a 27 de junho acontecem em São Paulo (SP) os eventos MundoGEO Connect e DroneShow 2019, os maiores da América Latina e entre os cinco maiores do mundo no setor. Alinhados às tendências globais e com foco na realidade regional, o tema geral dos eventos este ano será “Geotecnologia e Drones na Indústria 4.0”, com previsão de 4 mil participantes, 30 atividades e mais de 230 horas de conteúdo.

Instagram Imagem Post B1 300x300 Estudo mostra que bairros de Maceió estariam ‘afundando’Os conteúdos dos cursos, palestras e debates estão sendo formatados por um time de curadores para atender as demandas de empresas, profissionais e usuários principalmente nos setores de Agricultura, Cidades Inteligentes, Governança Digital, Infraestrutura, Meio Ambiente, Recursos Naturais, Segurança e Defesa.

Dentre as tecnologias disruptivas que estarão em destaque, estão Big Data, Inteligência Artificial / Machine Learning, Internet das Coisas, Realidade Virtual e Aumentada, BIM, Tecnologia Autônoma, entre outras, tudo isso cada vez mais integrado às Geotecnologias (Mapeamento, Cadastro, Imagens de Satélites, Inteligência Geográfica, GIS).

Perfil dos expositores da feira: prestadores de serviços de aerolevantamentos, mapeamento e cadastro; desenvolvedores de sistemas de análise espacial; provedores de imagens de satélites; fabricantes e importadores de drones; fabricantes de sensores e tecnologias embarcada; distribuidores de softwares, plataformas de processamento e análise de dados; agências reguladoras e órgão governamentais; empresas de consultoria e treinamento; distribuidores de equipamentos de geomática; empresas de mapeamento móvel, entre outras.

Veja a programação completa de cursos e seminários e garanta sua vaga! Confira um resumo de como foi a última edição dos eventos MundoGEO Connect e DroneShow:

Imagem: Divulgação