Envie suas sugestões e/ou observações até 15 de junho sobre o serviço de posicionamento por ponto preciso

Uma das atribuições do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é o estabelecimento e manutenção do Sistema Geodésico Brasileiro (SGB), delegada pelo decreto lei Nº 243, de 28 de fevereiro de 1967.

No cumprimento desta atribuição faz-se necessário o estabelecimento das redes geodésicas de referência, importantes e necessárias para obras de infraestrutura e ordenamento territorial do país, entre outras atividades no âmbito da engenharia.

Com a crescente evolução das geotecnologias, principalmente quanto ao posicionamento por satélites, identificou-se a necessidade de se disponibilizar um serviço online de processamento de dados GPS que atendesse aos mais variados tipos de usuários que não possuem software de processamento.

A partir dessa demanda e acompanhando o estado da arte das tecnologias de posicionamento, em abril de 2009 o IBGE disponibilizou o serviço denominado IBGE-PPP (Posicionamento por Ponto Preciso ou Posicionamento Absoluto Preciso), sendo o primeiro país da América Latina a fornecer este tipo de serviço online.

Desta forma, o IBGE traz aos usuários de suas informações geodésicas uma nova forma de prover o acesso ao SGB, com soluções em SIRGAS2000, adotado oficialmente no Brasil em 2005.

A parceria com o Natural Resources of Canada/Canadian Geodetic Survey (NRCan/CGS), no escopo do Projeto Mudança do Referencial Geodésico-PMRG, foi fundamental na sua implementação, tanto na cessão da licença do software, quanto no suporte técnico.

Nos quatro primeiros anos de operação, o usuário esperava, pelo menos, dois dias após o rastreio para processar seus dados GPS. Este era o tempo necessário para que o International GNSS Service (IGS) disponibilizasse as órbitas rápidas e precisas para a realização do processamento.

Durante este período era possível somente o processamento de observações da constelação GPS, decorrente da limitação das órbitas IGS. Nesta época eram contabilizados cerca de 300 processamentos por dia.

Entretanto, havia uma demanda dos usuários para que o processamento ocorresse em um tempo mais curto, não havendo a necessidade de aguardar até 48 horas para submeter os dados no serviço.

Mais uma vez buscou-se uma nova solução com a cessão das órbitas GNSS calculadas pelo NRCan/CGS. Em dezembro de 2013 marca-se então uma nova fase do serviço, possibilitando o processamento dos dados GNSS, ou seja, das constelações GPS e GLONASS, e reduzindo o tempo de espera de aproximadamente 48 horas para apenas duas horas após o rastreio, entre outras melhorias no relatório dos resultados.

A partir desse momento, foi identificado um crescimento quanto ao seu uso, chegando nos dias atuais em aproximadamente 1000 processamentos por dia.

Esse crescimento mensal quanto ao uso do serviço pode ser acompanhado no gráfico abaixo, cujas estatísticas comprovam o seu sucesso ao longo dos 10 anos de operação, bem como a credibilidade nos resultados obtidos em SIRGAS2000:

numeros do ibge ppp IBGE PPP completa 10 anos e solicita comentários dos usuários

Os mapas a seguir apresentam a distribuição de todos os processamentos realizados desde abril de 2009, e aqueles processamentos realizados somente de março de 2019, nos quais constatam-se uma maior concentração de seu uso nas regiões sul e sudeste:

localizacao dos arquivos processados no ibge ppp IBGE PPP completa 10 anos e solicita comentários dos usuários

atualizacao do local dos arquivos processados no ppp em 2019 IBGE PPP completa 10 anos e solicita comentários dos usuários

Estes 10 anos são comemorados com uma grande satisfação pela geodésia do IBGE, a qual gostaria de contar com as contínuas sugestões de seus usuários para que possa sempre buscar o aprimoramento de seus serviços e informações.

Deste modo, o IBGE, em parceria com o MundoGEO, solicita a sua contribuição, preenchendo este formulário até 15 de junho com os seus comentários e/ou sugestões sobre o serviço IBGE-PPP.

Geotecnologias e Drones na Indústria 4.0

Instagram Imagem Post B1 400x400 IBGE PPP completa 10 anos e solicita comentários dos usuáriosO IBGE está confirmado como expositor no MundoGEO Connect 2019, que acontece de 25 a 27 de junho em São Paulo (SP).

Alinhados às tendências globais e com foco na realidade regional, o tema geral do MundoGEO Connect e DroneShow em 2019 será “Geotecnologia e Drones na Indústria 4.0”.

Os conteúdos dos cursos, palestras e debates foram formatados por um time de curadores para atender as demandas de empresas, profissionais e usuários principalmente nos setores de Agricultura, Cidades Inteligentes, Governança Digital, Infraestrutura, Meio Ambiente, Recursos Naturais, Segurança e Defesa.

Dentre as tecnologias disruptivas que estarão em destaque, estão Big Data, Inteligência Artificial / Machine Learning, Internet das Coisas, Realidade Virtual e Aumentada, BIM, Tecnologia Autônoma, entre outras, tudo isso cada vez mais integrado às Geotecnologias (Mapeamento, Cadastro, Imagens de Satélites, Inteligência Geográfica, GIS).

Veja a programação completa e garanta sua vaga!

Confira o vídeo oficial com os destaques da última edição do evento:

Fonte: MundoGEO Connect