Vou começar uma série de entrevistas com profissionais do Setor de Energia, as perguntas são as mesmas para todos e acredito que deixam o entrevistado aberto a emitir e escrever o que desejar sobre a influência do geoprocessamento no seu trabalho e no seu dia-a-dia.
Se desejarem podem deixar comentários sobre a entrevista…

Nome: Vinicius Ferreira Vianna

Formação: Geólogo
Empresa que atua: Furnas
Anos de experiência profissional: 2 anos

Quantos Anos trabalha com geoprocessamento agregado a sua área de atuação e qual foi o primeiro contato com essa ferramenta?

3 anos

Que mudanças tem ocorrido na sua área profissional que o geoprocessamento poderia contribuir?

O geoprocessamento, como ciência e ferramenta, tem uma importância fundamental no ramo das geociências. Enquanto há tempos atrás a dificuldade era obter a informação, atualmente a informação existe aos montes e a dificuldade é administrar tamanha quantidade de dados. Assim o geoprocessamento vem contribuindo, tornando dados de diferentes fontes fáceis de serem distribuídos (internet), utilizados e integrados de diferentes maneiras, de forma a maximizar a eficiência do uso da informação

Como você vê os estudos ambientais e sua relação com o Geoprocessamento no setor de energia?

No setor energético, ambiental e em outros, a atual política de administração preza pela disseminação da informação, como forma de conservação do patrimônio intelectual. Dessa forma, se observa cada vez mais órgãos estaduais e municipais tornando acessíveis seus bancos de dados de informação geográfica para uso público. No setor privado, a aquisição de informações geográficas se dá de forma cada vez mais ágil, com o avanço das tecnologias de GPS, sensoriamento remoto, monitoramento aéreo, etc. Assim, estamos observando um grande avanço no desenvolvimento de projetos, onde se minimiza o desperdício de tempo na busca de dados já disponíveis (e consequentemente valorização dos trabalhos já feitos) e maximiza o tempo gasto na avaliação e processamento de dados multifontes, o que vem trazendo consideráveis ganhos na qualidade e confiabilidade do produto final.

share save 171 16 Entrevistas Energia