Parece que a indústria europeia não gosta muito de software livre. A Aliança Internacional para a Propriedade Intelectual (IIPA), que já incluiu a Espanha entre os países "piratas" (por acaso seria por causa do gvSIG, que de pirata não tem nada?), também pede ao governo da União Europeia (UE) que vigie vários países por promover o uso do software livre.

Duas potências emergentes, Índia e Brasil, aparecem no informe que foi elaborado pela IIPA para o governo da UE. O lobby acusa os dois países de promover o uso do software livre em suas administrações públicas.

Aí eu pergunto. E daí ?!?

No caso do Brasil, a IIPA solicita ao governo que use sua influencia para "evitar as leis sobre o uso obrigatório de software de código aberto por parte das agências governamentais e das empresas públicas".

Estranho, não ?

share save 171 16 Brasil no "eixo do mal" do software livre ?!?