O sistema de classificação climático Köppen–Geiger é muito utilizado quando quer se representar os diversos climas à escala continental e global. A primeira publicação desta classificação foi feita em 1884 por Wladimir Köppen, seu criador, e vem sofrendo algumas alterações até à classificação tal como ela é conhecida hoje em dia. É constituída por 29 classificações, dividida pelas 5 classes principais: (A) Clima Tropical; (B) Clima seco; (C) Clima Temperado; (D) Clima Continental; e (E) Clima Polar.

O Institute for Veterinary Public Health, da University of Veterinary Medicine Vienna, usou esta classificação para mapear a evolução das alterações climáticas observadas de 1901 a 2000 e as previsões de cenários A1FI, onde se intensiva no uso de combustíveis fósseis, de alterações climáticas de 2001 a 2100 da Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC). Com este conjunto de dados tem-se uma perceção da realidade dos últimos 100 anos e uma previsão das alterações climáticas tendo em conta as emissões CO2 para a atmosfera que criam o efeito estufa.

O livro “Google Earth na Sala de Aula” usou esses dados e acrescentou outros como o nome das classes e a legenda  e deu dinamismo e interação. Permitindo ao utilizador navegar no tempo e avaliar os possíveis impactos das alterações climáticas no globo. Ao selecionar cada uma das áreas de classificação que ocupam a superfície terrestre, nos diversos anos, pode-se  ainda consultar o título da sua classificação. Baixe gratuitamente mais este mapa e desfrute deste recurso e partilhe o conhecimento com os seus alunos e colegas através da página do facebook do livro.

Filme Youtube do Mapa KML com as alterações climáticas 1900-2100 com classificação KÖPPEN-GEIGER

 

Luis Antunes

share save 171 16 Alterações Climáticas 1900 2100 (classificação KÖPPEN GEIGER)