Peço desculpas por não ter postado durante tanto  tempo, mas vocês verão que a falta de tempo tem um motivo justo.    É com alegria que volto com uma notícia muito boa. As diretrizes para a criação, instituição e atualização do Cadastro Territorial Multifinalitário (CTM) nos municípios foram publicadas no Diário Oficial da União nesta terça-feira (08), por meio da Portaria 511.

Segue o texto da Assessoria de Comunicação do Ministério das Cidades:

"SEMINÁRIO – A análise da estruturação, operação e atualização do Cadastro Territorial Multifinalitário é o objetivo do Seminário Nacional "Diretrizes Nacionais para o Cadastro Territorial Multifinalitário (CTM)", que se encerra hoje (08), no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasilia. O encontro tem o objetivo de apresentar, discutir e complementar as temáticas tratadas por meio das diretrizes nacionais desenvolvidas para a criação, instituição e atualização do Cadastro.

Sob a coordenação do Ministério das Cidades, no âmbito do Programa Nacional de Capacitação das Cidades, com a orientação e assessoria técnica do  Lincoln Institute of Land Policy e apoio da Caixa Econômica Federal, as diretrizes foram formuladas por um grupo de estudos integrado por servidores e especialistas renomados de diversas instituições.

CADASTRO – Toda e qualquer porção da superfície territorial deve ser cadastrada em parcelas, que vai receber uma identificação numérica. O CTM vai permitir a disponibilização e o manuseio de dados e informações sociais, urbanísticas, fundiárias, bem como dados referentes à oferta de serviços públicos, que podem instruir a gestão municipal e a elaboração de planos e projetos de desenvolvimento urbano, de acordo com as disposições do Estatuto da Cidade.

Além disso, o CTM vai desempenhar importante papel no lançamento dos tributos imobiliários (especialmente o IPTU) e no suporte à aplicação de instrumentos de política urbana, como a regularização fundiária, a cobrança do uso do espaço público, as operações urbanas e o cumprimento da função social da propriedade."

Agora minhas observações:  Foi publicado e distribuído no seminário um gibi onde explicamos a iniciativa das diretrizes e sua aplicação (vocês podem solicitar essa publicação que está sendo distribuída gratuitamente através do endereço capacitacao@cidades.gov.br). Utilizamos uma linguagem lúdica para explicar para gestores e técnicos municipais a importância do CTM. O próximo lançamento é de um manual, que está em fase final de elaboração, para orientação sobre como aplicar as diretrizes. 

Como vocês podem ver, devagar chegamos lá!

share save 171 16 Saem as Diretrizes Nacionais do Cadastro Territorial Multifinalitário