As feiras MundoGEO#Connect e DroneShow se consolidam como os mais importantes eventos dos setores de Geotecnologia e Drones, tanto pelo número de participantes e expositores como pelo perfil de definir as tendências do mercado no Brasil. Foram 3.080 participantes, 40 expositores e 70 marcas na feira.

A participação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), não só nos debates como na feira, durante os três dias do evento, tirando dúvidas dos participantes, foi um destaque do DroneShow.

Já o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Diretoria do Serviço Geográfico do Exército (DSG) e Embrapa puderam mostrar o que têm produzido de mais importante para a comunidade de Geotecnologia.

connect feira 600x337 Feiras MundoGEO#Connect e DroneShow superam 3 mil participantes

Os principais destaques do evento foram a repercussão, tanto nos corredores da feira como nos auditórios, do efeito positivo que a regulamentação da ANAC sobre o uso comercial de drones, definida uma semana antes do evento, gerou na comunidade. Um mercado regulado traz mais segurança jurídica e proporciona a concretização de grandes projetos utilizando drones.

Além do setor de agricultura e mapeamento, foram destaque no evento os cursos e seminários ligados às aplicações dos drones na inspeção de obras, segurança e perícias. Já no setor de Geotecnologia, houve muito interesse em relação ao Sistema Nacional de Informações Territoriais (SINTER) e a aplicação de Inteligência Geográfica na Gestão Municipal.

“Os debates do MundoGEO#Connect que aconteceram no início dos três dias do evento trouxeram, respectivamente, as Cidades ‘GeoInteligentes’, o SINTER e os Drones para Topografia, temas polêmicos e que geraram discussões acaloradas, mas sempre com o objetivo bem claro de tirar conclusões e recomendações sobre as melhores práticas para o setor”, comenta Eduardo Freitas, coordenador técnico da programação do evento.

Além do debate que tirou todas as dúvidas sobre como trabalhar com drones na legalidade, mais dois temas foram muito concorridos, como o passo a passo de como montar um empresa com drones e quais os potenciais negócios futuros utilizando drones autônomos para delivery e segurança privada.

connect auditorio 600x337 Feiras MundoGEO#Connect e DroneShow superam 3 mil participantes

O perfil do público este ano foi principalmente ligado ao setor privado de agricultura e infraestrutura, grande usuário das informações geradas pelos sensores embarcados nos drones. Mas o setor público esteve presente principalmente ligado a meio ambiente, gestão pública, segurança e defesa civil. Várias startups e empresas juniores marcaram presença, bem como importantes entidades de ensino apresentaram suas pesquisas aplicadas no setor.

Dados deste ano:

Perfil dos participantes:
Setor público 38%
Setor privado 62%

Cargos que ocupam:
Direção: 28%
Gerencia: 30%
Setor técnico: 32%
Acadêmicos: 10%

Área de atuação:
Prestador de serviços no setor de drones: 57%
Prestador de serviços no setor de geotecnologias: 32%
Comercializa produtos relacionados ao setor de drones: 5%
Comercializa produtos relacionados ao setor de geotecnologias: 6%

Principal área de interesse:
Mapeamento, cadastro e topografia: 33%
Agricultura e florestal: 20%
Infraestrutura: 9%
Meio ambiente e recursos naturais: 15%
Segurança e serviços de emergências: 5%
Logística e transportes: 4%
Mineração e Óleo e Gás: 7%
Jornalismo, entretenimento, publicidade: 3%
Recreação: 1%
Outros: 3%

Localização geográfica por regiões:
Centro-Oeste: 8%
Norte: 7%
Nordeste: 8%
Sudeste: 63%
Sul: 10%
Outros países: 4%

Sobre a realização conjunta dos evento MundoGEO#Connect e DroneShow
Gostaram 70%
Indiferente 25%
Não aprovam 5%

Avaliação do evento:
95% afirmaram que o evento atendeu as expectativas.

2018 já tem data!

O evento de 2018 já está marcado para os dias 15 a 17 de maio no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP), local aprovado pela sua localização e infraestrutura interna por 92% dos participantes deste ano. Como novidade, o evento terá um espaço especial para empreendedores estruturarem empresas de serviços no setor e a presença de instituições bancárias e seguradoras para facilitar a aquisição de produtos na feira.