satellite image terrasar x las vegas usa c DLR e.V. 2016 Distribution Airbus DS Geo GmbH3 300x211 Airbus comemora 10 anos de precisão e confiabilidade do satélite TerraSAR XProjetado para funcionar por cinco anos, o satélite TerraSAR-X de Radar de Abertura Sintética (SAR) da Airbus alcançou dez anos de operações impecáveis ​​em órbita, fornecendo imagens de radar de alta resolução em todas as condições climáticas 24 horas por dia.

Desenvolvido e construído pelas equipes Airbus Defence and Space para o Centro Aeroespacial Alemão (DLR), satélite em órbita a uma altura de 514 quilômetros fornece imagens de radar para uma grande variedade de usuários científicos e comerciais.

“O TerraSAR-X não só conseguiu o dobro de sua vida útil, tendo orbitado a Terra 55.459 vezes e percorrido 2,4 bilhões de quilômetros, tudo com uma disponibilidade de 99,9 por cento, como também apresentou um excelente desempenho”, disse Eckard Settelmeyer, líder de Observação da Terra, Navegação e Ciência na Airbus na Alemanha. “O TerraSAR-X está em uma condição tão boa que uma avaliação atual indica que pode ser operado por mais alguns anos no espaço até que um sistema de acompanhamento esteja no lugar”.

“TerraSAR-X possui uma precisão geométrica única”, disse François Lombard, chefe do cluster de negócios de inteligência da Airbus Defence and Space. “Com seis modos de imagem, oferece cobertura flexível e resoluções variando de 25 centímetros a 40 metros e responde às necessidades de uma ampla gama de domínios, como empresas de engenharia para garantir a operação segura de grandes projetos de construção, empresas de petróleo e gás para monitorar sua produção ou agências de inteligência e segurança para vigilância específica e detecção detalhada de mudanças”.

Desde o lançamento do TanDEM-X, satélite gêmeo quase idêntico, em 2010, ambos os veículos vêm atuando em formação com a distância entre eles de apenas algumas centenas de metros. Eles adquiriram uma enorme quantidade de dados que fornecem a base para o novo padrão de modelos de elevação global, o WorldDEM, cobrindo toda a Terra.

O TerraSAR-X e TanDEM-X oferecem alta freqüência de aquisição, independentemente da área de interesse ou condições climáticas, o que é crucial para desastres naturais ou causados ​​pelo homem, onde o mapeamento reativo é necessário para suportar o planejamento de resgate.

A Airbus Defence and Space está trabalhando na próxima geração de satélites SAR para substituirem o TerraSAR-X e TanDEM-X a partir de 2022.

Visite a galeria de imagens TerraSAR-X: http://www.intelligence-airbusds.com/de/5767-bildergalerie-suchergebnisse?world=2471

Confira a entrevista com o pesquisador Alberto Moreira, do DLR, na edição 90 da revista MundoGEO.