Objetivo é identificar atividades de pesquisa que usem tecnologias de informação e comunicação para melhorar a qualidade de vida, a eficiência de serviços e operações urbanas e a competitividade de grandes metrópoles, enquanto garantem o atendimento das demandas atuais e futuras, respeitando aspectos econômicos, sociais e ambientais

A Fapesp e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) anunciam o lançamento de uma chamada de propostas para apoiar o desenvolvimento, por pequenas empresas paulistas, de produtos, processos e serviços inovadores, que resultem em soluções para cidades inteligentes, com foco em grandes metrópoles.

A cidade inteligente é uma construção evolutiva, um processo que envolve busca constante por soluções disruptivas, fazendo uso de sensores, dispositivos eletrônicos e redes de comunicação, ligados a sistemas computadorizados para análises de dados a partir de algoritmos.

Pensar em metrópoles inteligentes é pensar em soluções que permitam aos governos serem capazes de avançar em respostas às demandas sociais na mesma velocidade e escala em que novos desafios emergem. Nesse sentido, soluções para cidades inteligentes são catalisadoras importantes de inovação em gestão e provisão de serviços públicos, conciliando desenvolvimento social e econômico de maneira sustentável.

edital cidades inteligentes 300x178 Fapesp abre edital para desenvolvimento de soluções para cidades inteligentesEspera-se identificar nas propostas enviadas atividades de pesquisa que usem tecnologias de informação e comunicação para melhorar a qualidade de vida, a eficiência de serviços e operações urbanas e a competitividade de grandes metrópoles, enquanto garantem o atendimento das demandas atuais e futuras, respeitando aspectos econômicos, sociais e ambientais.

São elegíveis como proponentes microempresas, empresas de pequeno porte e pequenas empresas brasileiras, sediadas no Estado de São Paulo, constituídas e ativas, no mínimo, 12 meses antes do lançamento do edital e que garantam as condições adequadas ao desenvolvimento de produtos, processos e serviços inovadores, que possam efetivamente ser inseridos no mercado.

Serão empregados recursos orçamentários da Fapesp e de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis) via MCTI/Finep/FNDCT.

A chamada oferece recursos para empresas que já tenham conduzido pesquisas que resultaram em produtos, processos e serviços inovadores no âmbito de projetos financiados pelo programa da Fapesp Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (Pipe), Fase 1 ou Fase 2, ou em projetos equivalentes conduzidos com recursos de outras fontes.

As propostas serão inicialmente analisadas para enquadramento e deverão seguir as normas do Pipe, exceto quando menção em contrário especificada na chamada. As propostas também deverão estar em conformidade com os desafios tecnológicos do edital.

Submissões serão recebidas via Sage até 18 de maio de 2018.

Com informações da Agência Fapesp

Geo nas Cidades

O uso de Geotecnologia nas Cidades Inteligentes será destaque no MundoGEO#Connect 2018, maior evento de Geo da América Latina que vai acontecer de 15 a 17 de maio em São Paulo (SP).

Confira a programação completa e veja a seguir os destaques da edição anterior: