Equipamento portátil armazena mais de 100 rotas e 1.000 pontos de passagens, além de flutuar na água

A Garmin, uma das líderes mundiais em navegação por satélite, acaba de anunciar o lançamento do GPS 73, um navegador marítimo portátil especificamente desenhado para os marinheiros que necessitam de uma solução simples, robusta e confiável. Este novo equipamento é um GPS fácil de usar, com funcionalidades exclusivas que auxiliam no desempenho das atividades, como gravações simples de locais, identificando pontos favoritos de pesca, além de determinar sua posição no mar ou na terra.

Com uma classificação de impermeabilidade IPX7 e capaz de flutuar na água, o GPS 73 vem equipado com diversas funções de orientação projetadas especialmente para a navegação no mar como: o Man Overboard (MOB) ou Homem ao Mar, alarmes marítimos, planejamento de rotas e navegação. Inclui também o novo SailAssist que integra opções úteis como uma linha de partida virtual, cronômetro dos tempos de corrida, distância da linha de partida, gráfico com histórico de velocidade e assistente de rumo. Além das funções específicas para vela, o lançamento é indicado para várias atividades aquáticas como caiaque, remo, entre outros.

imagem release 1244655 219x300 Garmin anuncia o lançamento do novo GPS 73 para navegação marítima“A série GPS 72 foi um verdadeiro sucesso e recebeu inúmeros elogios. Na Garmin trabalhamos diariamente para inovar e disponibilizar as mais recentes tecnologias aos usuários. Desta maneira, podemos garantir a fiabilidade, em elevado nível de serviço, que promovemos juntos aos nossos clientes”, afirma o Business Development Manager da Garmin do Brasil, Gabriel Bortoletto. “Este novo modelo traz ainda mais funcionalidades: o GPS 73 é o portátil perfeito para lanchas, veleiros, caiaques ou pequenas embarcações que não têm um chartplotter a bordo. Além disto, pode ser utilizado como uma importante ferramenta de apoio à navegação de emergência para todos os navios. Temos a certeza que terá o mesmo nível de aceitação que o modelo anterior”, completa.

A funcionalidade SailAssist do GPS 73 oferece aos pilotos uma real vantagem competitiva durante uma regata. Para garantirem um início de partida ideal, os navegadores podem traçar a linha de partida da corrida e a linha de proa preditiva, além de usar o temporizador incorporado para calcular tanto a distância para a linha como o tempo de aceleração indicado. O SailAssist ajuda o barco navegar de forma mais eficiente com linha de direção e assistência de rumo, que indica o ângulo de rumo ideal para o barco seguir. Para os marinheiros que gostam de corrida, há uma linha de partida virtual e uma contagem regressiva para garantir o cruzamento da linha de partida na hora certa.

Graças ao receptor de alta sensibilidade, o novo GPS 73 permite um simples e rápido ajuste da posição do barco, marcando e armazenando até 1000 pontos de passagem e 100 rotas diferentes, que podem ser transferidas para outros dispositivos através da rápida interface USB ou NMEA 0183. Essa marcação pode ser utilizada também para conectar o GPS 73 a um computador, permitindo que o uso do software gratuito de planejamento de viagens Garmin HomePortTM para traçar os próximos percursos, fazer backup e armazenar rotas ou pontos de passagem. A bateria foi igualmente melhorada e oferece agora mais de 18 horas de autonomia com duas pilhas AA (não incluídas).

Tal como acontecia com o modelo anterior, o novo GPS 73 é resistente à água, de acordo com o padrão IPX-7 (submersível em até um metro de água durante até 30 minutos), e flutua em caso de cair acidentalmente durante o percurso. O dispositivo integra um display de alto contraste, que garante a boa visualização de todos os conteúdos em ambientes com as mais distintas condições de iluminação, mesmo sob luz solar, permitida pela retroiluminação integrada. Inclui ainda um mapa com dados celestes, abrangendo o nascer do sol/pôr do sol, e um calendário de pesca e caça.

Geoinformação & Disrupção: Criando Novos Mercados

Como a cadeia produtiva da Geoinformação pode se adaptar às rápidas e constantes mudanças que estão ocorrendo e também buscar novos mercados?

Toda esta evolução digital está baseada em tecnologia móvel, a combinação de inteligência artificial e a observação da Terra, serviços automatizados de localização, big data e análises geográficas em tempo real.

No seminário Geoinformação & Disrupção, que vai acontecer no dia 15 de maio na abertura do MundoGEO#Connect 2018, especialistas estarão reunidos para debater estas tendências e desvendar os melhores caminhos para as empresas do setor continuarem a prover soluções para uma cadeia consumidora corporativa da análise geográfica cada vez mais ampla e exigente.

Veja a programação completa e confira como foi a última edição, que contou com mais de 3 mil participantes: