Novo contrato leva a excelência da Esri em GIS para as capacidades de computação em nuvem de nível internacional da Alibaba Cloud

A Esri, uma das líderes globais em análise espacial, anunciou recentemente a assinatura de um contrato de colaboração com a Alibaba Cloud, a divisão de computação em nuvem do grupo Alibaba. O contrato permitirá que ambas as organizações entreguem opções aprimoradas a clientes que queiram implementar a tecnologia da Esri na Alibaba Cloud.

O presidente e fundador da Esri, Jack Dangermond, descreveu o contrato como um reconhecimento das implementações bem-sucedidas e de uma crença compartilhada de que informações de localização em infraestrutura em nuvem são algo essencial para abordar as necessidades dos clientes e solucionar problemas reais, especialmente os que precisam de capacidades de computação, armazenamento e rede expansíveis.

parceria esri e alibaba 300x200 Esri e Alibaba juntas para levar localização para usuários na nuvem“Temos observado nossos usuários alcançarem resultados incríveis com a tecnologia da Esri na Alibaba Cloud”, afirma Dangermond. “Isto tem sido possível porque ambas as organizações projetaram tecnologia interoperável e compatível, com base nas normas do setor. Agora, o contrato reunirá os nossos engenheiros para colaborarem em iniciativas compartilhadas que oferecem a próxima tendência de inovação em informações de localização na nuvem”, conclui.

O distribuidor autorizado da Esri na China continental, a Esri China, tem um histórico de apoiar os clientes na implementação da tecnologia da Esri na Alibaba Cloud. O Departamento de Terra e Recursos (Land and Resources Bureau) de Ningxia, por exemplo, desenvolveu sua própria plataforma de dados geoespaciais usando a tecnologia ArcGIS Enterprise da Esri na Alibaba Cloud. O cliente consolidou seus dados de mapas, imagens, sondagem e dados tridimensionais em um catálogo centralizado, usado por todas as funções e níveis do governo da região.

O presidente da Esri China, Frances Ho, testemunhou a rápida migração de capacidades de informações de localização para a infraestrutura na nuvem, e acredita que isso vai continuar. “As organizações estão adotando rapidamente Sistemas de Informação Geográfica (GIS) e combinando com as capacidades de tecnologia de nuvem”, afirma. “Nossos usuários já confiam na ArcGIS Enterprise e na Alibaba Cloud para fazer isto de maneira confiável e eficiente, usando inovação de nível internacional dos nossos especialistas em GIS na China, Estados Unidos e ao redor do mundo”, conclui.

Geotecnologias Disruptivas

A inovação disruptiva está relacionada a um produto ou serviço que cria um novo mercado e desestabiliza os concorrentes que antes o dominavam.

É geralmente algo mais simples, mais barato do que o que já existe ou algo capaz de atender um público que antes não tinha acesso ao mercado. Em geral, começa servindo um público modesto até que abocanha todo um segmento.

No seminário Geoinformação & Disrupção, que será realizado no dia 15 de maio em São Paulo (SP) na abertura do MundoGEO#Connect 2018, especialistas estarão reunidos para debater estas tendências e desvendar os melhores caminhos para as empresas do setor continuarem a prover soluções para uma cadeia consumidora corporativa da análise geográfica cada vez mais ampla e exigente.

Veja a programação completa e confira como foi a última edição, que contou com mais de 3 mil participantes: