Prazo final para envio dos projetos é 3 de julho. Prêmio chega a 7 milhões de dólares

A competição  Design a Deep-Sea Treasure, voltada a estudantes de 12 a 18 anos do mundo todo na área de mapeamento oceânico, está com inscrições abertas até a próxima terça-feira (3/7). O foco da competição está em acelerar a exploração e descoberta oceânica rápida e de forma não tripulada.

A XPrize, uma das líderes mundiais em design e gerenciamento de competições de incentivo para resolver os grandes desafios da humanidade, realiza a Shell Ocean Discovery XPrize, uma competição global com premiação de 7 milhões de dólares de três anos desafiando equipes a desenvolver tecnologias para exploração oceânica rápida, não tripulada e de alta resolução.

mapeamento oceanico 300x206 Competição aberta para estudantes na área de mapeamento oceânicoO XPrize premiará cada finalista com uma parcela de 1 milhão de dólares para o mapeamento oceânico de ponta, utilizando as tecnologias de geração de imagens que eles desenvolverem. Suas abordagens inovadoras devem incluir inteligência artificial, drones, enxames robóticos subaquáticos, lasers e veículos autônomos de superfície e submarinos.

O Shell Ocean Discovery XPrize faz parte da XPrize Ocean Initiative – um compromisso feito para lançar cinco prêmios multimilionários para enfrentar os desafios críticos dos oceanos e tornar os mesmos saudáveis e valorizados.

Acesse o site do prêmio Design a Deep-Sea Treasure para obter as informações mais recentes sobre a estrutura da competição e datas importantes.

DroneShow Online 2018

Para quem não conseguiu participar presencialmente em alguma atividade do evento, foi realizado esta semana, de 19 a 21 de junho, o DroneShow Online. Atendendo a pedidos, esta foi uma oportunidade para quem não conseguiu acompanhar presencialmente alguns dos principais conteúdos do evento DroneShow 2018, que aconteceu em maio passado na capital paulista. Assista o primeiro vídeo oficial com um resumo do evento:

O primeiro dia do DroneShow Online contou com um seminário no qual o diretor da MundoGEO, Emerson Granemann, fez um resumo com os destaques da feira e da abertura do evento. Na parte da tarde, foi a vez de Francisco Nogara Neto, da Agropixel e Skydrones, apresentar um mini-curso sobre processamento de imagens obtidas com drones. Já o segundo dia do evento teve a agricultura como destaque. Na parte da manhã, novamente Francisco Nogara Neto apresentou um mini-curso, só que dessa vez para uma introdução aos drones no setor agrícola. Por sua vez, na parte da tarde foi a vez de Giovani Amianti, da XMobots, apresentar um treinamento online avançado sobre agricultura com drones, apresentando cases de diferentes culturas.

Por sua vez, o terceiro e último dia do DroneShow Online 2018 teve como destaque o mapeamento usando drones. Na parte da manhã o foco foi a Topografia, quando Danilo Rodrigues – Diretor da GeoSurv – mostrou como drones podem agilizar e diminuir custos de aquisição de dados do terreno, bem como disponibilizar informações e parâmetros das feições contidas na superfície terrestre de modo a facilitar o desenvolvimento de projetos de engenharia. E fechando o DroneShow Online 2018, na parte da tarde foi a vez de Pedro Gomes – Geógrafo da Horus Aeronaves -, que abordou o mapeamento com drones, demonstrando como os drones oferecem vantagens, como baixo custo operacional, facilidade de uso em grandes terrenos, além de uma maior segurança durante a operação.

10.im Face 1 400x210 Competição aberta para estudantes na área de mapeamento oceânicoTodos os inscritos no DroneShow Online poderão rever posteriormente o replay, terão acesso aos arquivos das apresentações – em formato pdf – e integrarão um grupo fechado de networking. Atendendo a pedidos, foi prorrogada por mais algumas horas a inscrição para acesso a estes conteúdos:

Confira a grade de conteúdos do DroneShow Online