Google Earth na Sala de Aula

Titulo e legenda nos mapas KML

Por Luis Correia Antunes | 10h29, 17 de Julho de 2014

Nos diversos contatos que tenho tido com os leitores do blog e do livro “Google Earth na Sala de Aula”, uma das questões mais mencionadas é a colocação de títulos e legendas nos mapas KML. Por esta razão, o Post de hoje é dedicado à inserção da camada Screen Overlay no Google Earth. Este comando do código KML pode ser útil quando necessitamos adicionar uma imagem ao visualizador de mapas de modo a apresentar um título, uma legenda, logótipos institucionais ou outra informação útil para quem está a aceder ao mapa. Por exemplo, um título pode ser útil para identificar, inequivocamente, o mapa que estamos a ver, um logótipo de escolas ou de instituições pode identificar facilmente quem contribuiu para a realização do trabalho e a legenda pode apoiar na leitura da simbologia (cores, icons, etc) dos mapas.

CódigoKML 300x94 Titulo e legenda nos mapas KML

Exemplo do código do Screen Overlay no KML.

Existem duas formas de introduzir o Screen Overlay nos nossos mapas: ou através da edição do código do mapa KML com um editor de texto (exemplo deste tipo de programas são o notepad, notepad++, text edit, entre outros. Eu uso o notepad++ e gosto); a outra opção mais amigável é através de aplicações gratuitas existente na internet que nos permitem adicionar esta opção diretamente ao nosso mapa sem ser necessário de editar o código. Se tiver interessado na primeira opção, recomendo a leitura da página do Google Earth Outreach, que explica muito bem como introduzir este comando no código KML. Se tiver interessado na segunda opção, está a ler o post certo.

Das aplicações gratuitas que conheço para colocar estas imagens no ecrã do Google Earth, a mais interessante e fácil de usar é a “Google Earth Overlay” do “David Tryse – David’s Google Earth files”. Esta aplicação permite configurar todas opções do Screen Overlay e gravar diretamente num KML. As opções possíveis de configurar são: posicionamento no ecrã e na imagem, redimensionamento da imagem, aplicação de transparência, rotação e ordem de posicionamento.

A primeira parte do processo é, forçosamente, arranjar as imagens que quer sobrepor ao ecrã do Google Earth. Pode usar qualquer editor de imagens (desde o mais profissional Photoshop ao mais fácil Paint da Microsoft. Eu uso o GIMP, apesar de muito técnico, é opensource e gratuito). Neste processo tem que ter cuidado com as dimensões das imagens para não ocupar muito espaço de visualização dos mapas. Não esquecer de gravar em formato JPG ou PNG (para ocupar pouco espaço). Gravar as imagens na mesma pasta do seu computador onde tem o mapa KML que irá incorporar a sobreposição da imagem no ecrã. Deixo o link para baixar a aplicação “Google Earth Overlay” e 3 ficheiros imagem (titulo, legenda e logótipo) para testar o Screen Overlay no seu computador.

Imagem 300x143 Titulo e legenda nos mapas KML

Configuração das opções do Screen Overlay

O passo seguinte é abrir o executável GoogleEarthScreenOverlay.exe e carregar a imagem que quer apresentar no ecrã do Google Earth. Posicione a imagem no ecrã através dos comandos Screen Anchor e Image Anchor. Para além de poder usar o posicionamento rápido através das setas, pode ir ajustando a sobreposição através da opção X (eixo X, mover para os lados) e Y (eixo Y, mover para o cima e baixo). Por norma, o título do mapa fica no topo do ecrã e a legenda no lado direito. Pode redimensionar a imagem com a opção Image Size. Por último, teste as configurações de Transparency (colocar transparência na imagem), Rotation (atribuir uma rotação na visualização da imagem) ou Draw Order (ordem de desenho, se tiver várias imagens sobrepostas). Para ver o resultado das opções selecionadas recorra ao comando Show in Google Earth. Automaticamente abre-se uma pasta nova nos “Locais Temporários” com o nome GoogleEarthScreenOverlay. Inserida nesta pasta irá aparecer a imagem que estamos a sobrepor com o mesmo nome do ficheiro. Pode alterar as configurações anteriores e sincroniza automaticamente, com a apresentação do novo resultado. No final do processo, se estiver satisfeito com o resultado da sobreposição, no software Google Earth arraste o símbolo da imagem dentro da pasta GoogleEarthScreenOverlay para a pasta onde tem o mapa KML. Se tiver dificuldade em arrastar a imagem, tire a seleção “v” da pasta GoogleEarthScreenOverlay (passa a não estar visível) e arreste de seguida a imagem para a nova pasta. O resultado será, neste exemplo, ficar com as três imagens dentro de uma única pasta, tal como está representado na figura.

Imagem1 1024x550 Titulo e legenda nos mapas KML

Resultado do Screen Overlay no Google Earth

Acompanhe a publicação de novos recursos e mapas do livro através docanal Youtube com os filmes demonstrativos da aplicação dos mapas e curtindo a página do facebook do livro. Desfrute de mais este recurso, partilhando o conhecimento com os seus alunos e colegas com criatividade e originalidade.

Luis Antunes

share save 171 16 Titulo e legenda nos mapas KML

O Ensino do Perfil de Elevação

Por Marcos Pelegrina | 13h16, 11 de Julho de 2014

O perfil de elevação é uma forma de representação gráfica do terreno e muito utilizado no ensino da Geografia.
Seu principal objetivo é auxiliar as análises das formas do relevo, sua morfometria e sua interpretação.
A ferramenta apresentada neste post permite traçar linhas e mostrar o perfil de elevação e sua distância.Pode ser usada no ensino da Geomorfologia e da Geologia, demonstrando os diferentes processos e formas nas diferentes regiões do Globo.
O Google Earth utiliza-se de imagens SRTM (Shuttle Radar Topography Mission) da NASA para representar o relevo.

share save 171 16 O Ensino do Perfil de Elevação
  • Luis Correia Antunes
    @lcantunes
    Licenciado em Engenharia Geográfica pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Mestre em Georrecursos pelo Instituto Superior Técnico Mais de 500 horas de formação em Google Earth, software opensource SIG e software CAD. Em abirl de 2013 lançou o livro “Google Earth na Sala de Aula” pela Areal Editora.

    Licenciado em Engenharia Geográfica pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Mestre em Georrecursos pelo Instituto Superior Técnico Mais de 500 horas de formação em Google Earth, software opensource SIG e software CAD. Em abirl de 2013 lançou o livro “Google Earth na Sala de Aula” pela Areal Editora.

  • Marcos Pelegrina
    @marcospelegrina
    Marcos Aurélio Pelegrina Bacharel em Geografia pela Universidade Federal do Paraná (1999), Mestre e Doutor em Engenharia Civil área de concentração Cadastro Técnico Multifinalitário e Gestão Territorial pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Professor Adjunto C do departamento de Geografia da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná.

    Marcos Aurélio Pelegrina Bacharel em Geografia pela Universidade Federal do Paraná (1999), Mestre e Doutor em Engenharia Civil área de concentração Cadastro Técnico Multifinalitário e Gestão Territorial pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Professor Adjunto C do departamento de Geografia da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná.

  •