Tecnologia populariza uso e se torna o poder produtivo em empresas de todo o mundo

Além de uma localização precisa e segura, aumento de produtividade, vantagens competitivas e redução de custos para as empresas, os benefícios proporcionados pelo GPS (Sistema de Posicionamento Global em inglês) se tornaram a força produtiva para muitos setores do mercado mundial, como é o caso do segmento de telefonia móvel.

No final dos anos 80, os telefones celulares eram considerados acessórios de luxo, exibidos por altos executivos em seus automóveis sofisticados. Uma década depois, eles já estavam disponíveis em grande variedade de estilos e formas, sendo utilizados pela maioria da população mundial. Hoje, os celulares se tornaram aparelhos essenciais, não apenas para conversar com amigos, mas para a realização de negócios e sobrevivência no mundo corporativo competitivo e dinâmico. Não faltam histórias ao redor do planeta sobre empresas e pessoas que utilizam seus telefones celulares para potencializar a vantagem competitiva e diferenciar seus serviços com base em tecnologias avançadas de localização.

Um bom exemplo de benefício prático e vantajoso proporcionado por uma das tecnologias avançadas do sistema de telefonia celular consiste no GPS Assistido, introduzido no mercado pela empresa Qualcomm e denominado gpsOne. Sua utilização para localização e rastreamento por empresas de gerenciamento de frotas e logística está se tornando freqüente. Com precisão e segurança é possível monitorar o tempo de entrega de mercadorias, atualizar o cliente da situação da entrega e identificar as rotas dos veículos em tempo real.

Com os recursos da localização com GPS Assistido baseado na tecnologia CDMA, uma floricultura, por exemplo, obtém informações precisas para rastrear o entregador e possibilitar a entrega da encomenda no tempo previsto, satisfazendo as necessidades dos clientes. Esta empresa otimiza sua logística de distribuição e, do ponto de vista do entregador, o sistema ainda oferece a vantagem de navegação para rotas alternativas, agilizando o trabalho e possibilitando mais tempo para novas entregas.

As facilidades e benefícios do GPS Assistido já são realidade no Brasil. Lançado recentemente e disponível para aparelhos no padrão CDMA, este serviço conta com mais de 500 mil celulares habilitados. Há poucos meses, um homem foi resgatado de um acidente de carro após sua operadora de telefonia ter rastreado o sinal de seu celular. É a prova de que com o auxílio de mapas e indicações na tela do celular pode-se localizar pessoas e lugares em ambientes internos e externos. As possibilidades são ilimitadas, independentes das necessidades específicas dos clientes, existe sempre uma possibilidade de agregar novas funcionalidades a este tipo de serviço.

"Esta tecnologia pode, por exemplo, afirmar em qual lado da rua um usuário, veículo ou pessoa está em questão de segundos"

Bons exemplos das vantagens proporcionadas por esta tecnologia não faltam. Empresas modernas e atualizadas com tecnologia de ponta acabam utilizando recursos sem fio, como PDAs (Personal Digital Assistant), para fortalecer suas equipes de vendas. Tirar pedidos, emitir faturamento e cobranças por meio desta facilidade corporativa se tornou bastante freqüente. Além disso, planos de operadoras celulares contemplam pacotes vantajosos para utilização de serviços de voz e, em alguns casos, conexão para transmissão de dados em alta velocidade. Porém, com o ritmo acelerado dos negócios e lançamento de novas tecnologias, o mercado da atualidade vem exigindo, a cada momento, um tempo de resposta menor e alta qualidade de trabalho.

Um ponto fraco da telefonia móvel sempre foi a impossibilidade de localização precisa. Normalmente, os aparelhos só podem ser rastreados na área de telefonia celular da qual estão ligando – uma área que pode ir de centenas de metros a até 10 mil metros. O problema foi reconhecido nos Estados Unidos em 1996, quando este mercado começou a se expandir. As pessoas que ligavam para o serviço de emergência estavam acostumadas com o fato deles poderem identificar a localidade da chamada. Poucas pessoas percebiam que a localização precisa ainda não era possível através de telefone celular. Com isso muitos ligavam pedindo por ajuda e desligavam sem dar sua localização.

A solução encontrada nos Estados Unidos foi um conjunto de regras que determina que as operadoras forneçam capacidade de posicionamento para usuários de celular. Para o CDMA, o E911 foi implementado com os fabricantes de celular, integrando chips de posicionamento global em seus aparelhos, que iriam, em uma emergência, ser acionados e fornecer uma localização precisa de quem ligava para o serviço de emergência. Apesar de alguns atrasos iniciais, a primeira fase da instalação do sistema americano aconteceu em outubro de 2001, com a Sprint PCS e Samsung oferecendo infra-estrutura inicial e implementação nos aparelhos, respectivamente. Outras operadoras norte-americanas também começaram a instalar sistemas de localização gpsOne em seguida.

Colocar um chip de localização num telefone celular parece um passo óbvio, afinal muitas pessoas levam celulares para onde vão e têm mapas de ruas interativos nos bolsos, não importa onde estejam. Infelizmente, os sinais de satélites que transmitem informações de localização para grupos de batalha naval, mísseis e aviões com precisão de metros são menos eficientes em cidades e grandes edifícios. Para funcionar, um aparelho GPS tem que estar habilitado para detectar a constelação do satélite, uma tarefa complicada ou impedida por obstruções físicas como construções, edifícios, folhagens e topografias. Para sistemas GPS padrão, estas obstruções geralmente impediriam sua operação e uso em cenários do mundo real.

Para minimizar o problema, a companhia norte-americana Qualcomm Incorporated desenvolveu a solução gpsOneT solution, que une tecnologia buscando oferecer um sistema de localização que funcione em qualquer tipo de terreno, incluindo ambientes internos e áreas urbanas densas. O sistema gpsOne se baseia na tecnologia de sensibilidade avançada GPS para fornecer contato com posicionamento de satélite em uma grande variedade de ambientes internos e externos, incluindo "cânions" urbanos e arranha-céus. O sistema gpsOne também é capaz de suplementar a performance de localização pelo uso de sinais de infra-estrutura de rede, fornecendo capacidade de posicionamento até em grandes construções. A precisão típica do gpsOne em cenários internos e suburbanos vai de cinco a 20 metros.

"Telefones celulares com localização fornecem a tranqüilidade de que a ajuda vai chegar em tempo hábil numa emergência e isto é algo que não tem preço"

Em sua maior parte, fabricantes e provedores de serviços decidiram incorporar a capacidade do GPS em seus aparelhos celulares baseados tanto em mandatos públicos como nos Estados Unidos, quanto na oportunidade que o GPS apresenta para novos serviços de localização que gerem receita. As operadoras vêem esta nova geração de aplicativos de localização como fornecedora de diferenciais em seus serviços, permitindo fidelização de clientes com base em aplicativos únicos e fornecimento de maiores fontes de receita.

Para Arnold Gum, gerente senior de Produtos da Qualcomm CDMA Technologies, o GPS é provavelmente a melhor coisa que surgirá da revolução da telecomunicação móvel. "É fato que o local onde estamos afeta todas as nossas decisões. Ter localização em um aparelho celular abre uma infinidade de possibilidades de aplicações, não apenas na área pessoal, mas também para fornecer serviços corporativos e comerciais para as mais diversas áreas, gerando produtividade, agilidade, mobilidade e integração entre a empresa e seus clientes. O GPS permite que as operadoras forneçam novos serviços e se diferenciem da concorrência, enquanto geram uma receita sólida. A tecnologia está disponível e já vem sendo instalada no mundo inteiro", afirma.

pag18 1 gpsOne: a força da telefonia móvel no século 21

Alguns dos aparelhos com previsão de lançamento incluem inclusive um monitor de batimentos cardíacos, com um chip GPS embutido que localiza o usuário em caso de ataque do coração. Um produto similar já foi instalado pela Digital Angel Corp. O Digital Angel é um aparelho de pager e medição de pulso, com bio-sensores e chip GPS. Ao monitorar a pressão e temperatura do usuário, o aparelho pode fazer uma chamada para uma central de comando e, se necessário, passar uma localização precisa através do equipamento. A questão de segurança é outro ponto relevante e está, cada vez mais, presente nos grandes centros urbanos. Este sistema de localização também podem ser colocados em etiquetas de roupas infantis para proteger as crianças e ser incorporado em veículos para eliminar o roubo de automóveis de frotas comerciais. Casos reais já acontecem no Brasil e no mundo.

As aplicações comerciais potenciais que podem ser desenhadas com a capacidade de localização gpsOne são praticamente ilimitadas, indo de aplicações para usuários e empresas, à promoções de marketing. Imagine estar apto a usar seu aparelho para localizar o cinema mais próximo, descobrir qual filme está passando, comprar entradas, obter um mapa com o caminho de onde você está para o cinema, ou então ir ao shopping, apertar um botão em seu celular e localizar amigos de sua lista que estejam próximos?

"Para manter a privacidade, o usuário deve controlar os serviços de localização em seu celular"

Os chips GPS em carros poderiam ser utilizados para transmitir a exata localização do veículo, facilitando serviços de assistência técnica. Em caso de acidente, poderiam transferir os dados de manutenção dos computadores do carro enquanto você vai para o centro de serviço ou, até mesmo, modificando os parâmetros do carro com base na localidade e altitude. Os aparelhos celulares com GPS até poderiam fazer download e mostrar mapas com locais de rua sem a necessidade de acessar informações de CDs.

Fãs de cinema, música, livros e celebridades poderiam assinar um serviço que mandaria detalhes de lançamentos, promoções, shows e eventos a seus celulares enquanto eles passam por lojas participantes. Até discos poderiam ser comprados via celular sem ter que entrar na loja. As lojas, por sua vez, poderiam usar o localizador para fornecer serviços e atenção especiais a clientes fiéis quando eles estiverem por perto. Claro que a capacidade de fornecer serviços também deve ser equilibrada pelo desejo de privacidade, questão já abordada diversas vezes pela InfoGEO. Para manter a privacidade, o usuário deve controlar os serviços de localização em seu celular. Na implementação do gpsOne, o usuário pode desabilitar serviços de posicionamento ou limitar acesso a informações pessoais usando controles de chip que seletivamente acionam e desativam estes serviços de acordo com a preferência do usuário. Isto permite que aplicações comerciais sejam fornecidas em bases opcionais. "A segurança e a privacidade do consumidor são prioridade", conclui Gum.

Ernani Lima
Gerente regional de Vendas da Qualcomm na América Latina
elima@qualcomm.com