Em 2015 profissionais, acadêmicos e estudantes tiveram a oportunidade de concorrer ao Prêmio MundoGEO#Connect por seus trabalhos que usam atributos geográficos. Ao todo, mais de 100 projetos foram recebidos, em cinco diferentes categorias. Agora, os três melhores projetos de cada uma delas já são conhecidos. Durante a cerimônia de premiação, no dia 6 de maio em São Paulo (SP), será revelada a ordem dos ganhadores.

Na categoria “Infraestrutura e Utilities” foram selecionados, por uma equipe de especialistas no setor, três projetos: “De onde vem a água?”, “LIS ONLINE E GSE – Leitura e Impressão Simultânea com Gerenciamento das Equipes” e “Sabesp da Baixada Santista Monitora através do Geoprocessamento as reclamações referentes à falta de água através de uma aplicação na Web”. Confira abaixo um resumo de cada um deles!

Para saber ainda mais ou entrar em contato com os organizadores de cada projeto, envie um e-mail com a sua solicitação para editorial@mundogeo.com.

De onde vem a água?

Conectar a população da região metropolitana de São Paulo com suas fontes de água e tornar pública a questão da falta de água causada pelo colapso hídrico de SP

Foi desenvolvido o aplicativo web “De onde vem a água” que permite que o internauta ao digitar seu CEP consulte num mapa qual o manancial que abastece sua residência bem como mostrar informações relativas ao manancial (nível de ameaça, nível do reservatório). Também faz parte do aplicativo a funcionalidade “Cade a água” onde o internauta reporta falta de água em sua residência/escola/trabalho.

O app está disponível em http://util.socioambiental.org/deondevem/

De onde vem a água Selection 064 Projetos sobre a água recebem prêmio pelo uso de informações geográficas

Cerca de 500mil pessoas utilizaram o aplicativo “De onde vem a água” desde outubro de 2014. O “Cade a água” entrou no ar em 09/02/2015 e já conta com mais de 300 denúncias de falta de água.

LIS ONLINE E GSE – Leitura e Impressão Simultânea com Gerenciamento das Equipes

Através da Lis online (sistema de leitura e impressão simultânea), as empresas de água, por exemplo, podem ir até o consumidor final (residências) fazer a leitura (medição do consumo, já identificar vazamentos ou outras irregularidades em tempo real, via 3g ou GPRS passando informações para a base da empresa, ao mesmo tempo que imprime a fatura na presença do cliente.

Como diferencial, nosso sistema permite monitorar o serviço dos prestadores de serviço (leituristas e profissionais de campo), controlar sua rota, otimizar o percurso, fazer transmissão em tempo real das ordens de serviço, mantendo a interação permanente entre o executor e seus supervisores.Pesquisas indicam que para cada R$ 1,00 investido em saneamento, o governo deixa de gastar R$4,00 em serviços de saúde, ou seja, são investimentos que proporcionam qualidade de vida para a população e economia aos cofres públicos em curto prazo.

A concessão Águas de Niterói, pertencente ao Grupo Águas do Brasil, responsável pelo saneamento básico do município de Niterói, no Rio de Janeiro é um de nossos clientes. Ela foi criada em novembro de 1999, com prazo de contrato de 45 anos, prevendo um investimento de aproximadamente,R$ 250 milhões. A Acqua Manager tem ajudado a gerir a concessão ao longo dos anos. Ela foi premiada como a melhor concessão do ano pela revista “O Empreiteiro”, “Prêmio Procon” com o menor índice de reclamações, além de ser considerada um dos modelos de sucesso para o setor privado de saneamento do Brasil.

Atualmente, a Prolagos coleta e trata 71% de esgotos da população urbana da sua área de concessão. Conforme cronograma de investimentos, ela está acima da meta de atendimento contratual prevista para 2013: 70% de cobertura em coleta e tratamento de esgotos. Este percentual de atendimento evita o lançamento de cerca de 70 milhões de litros de esgotos por dia no meio ambiente, contribuindo para recuperação e preservação de praias e lagoas da região dos Lagos, Rio de Janeiro.

Sabesp da Baixada Santista Monitora através do Geoprocessamento as reclamações referentes à falta de água através de uma aplicação na Web

Sabesp TELA1 300x167 Projetos sobre a água recebem prêmio pelo uso de informações geográficasTodos os anos, a sabesp passa por uma enorme prova de fogo para abastecer toda a região metropolitana da baixada santista, que em épocas de temporada recebe os turistas e tem um acréscimo populacional significativo, passando de aproximadamente 2,1 milhões para 5 milhões de habitantes.

Com toda esta demanda, a sabesp tinha somente conhecimento do quantitativo de reclamações de falta de água por municípios por meio de tabelas.

O desafio foi encontrar uma solução georreferenciada para identificar de onde partem as reclamações, qual o local exato, onde se concentram o maior numero, para se ter uma visão espacial destas ocorrências, quais as redes que estão envolvidas, e assim junto com o sistema existente (signos/csi), pudessem ser tomadas as medidas operacionais para o atendimento no menor tempo possível.

TELA2 300x161 Projetos sobre a água recebem prêmio pelo uso de informações geográficasAssim o projeto propôs a implantar uma aplicação web com uma interface interligando vários sistemas corporativos da empresa e integração com o gis, possibilitando a identificação on line de onde partem as reclamações de falta de água, para serem tomadas todas as devidas providencias.

A solução encontrada foi desenvolver uma aplicação web integrada com o sistema gis existente (signos – sistema de informações geográficas no saneamento – gis da sabesp) e com sistemas corporativos da empresa (csi – comercial e sistema 195 – acatamento de reclamações).

Foi implantado desde o final do ano de 2014 no centro de controle operacional da sabesp baixada santista, uma aplicação web que monitora de forma online, identificando as reclamações de falta de água e assim, poder sanar o problema da forma mais rápida, visualizando outros componentes que pertencem ao sistema de abastecimento de água já cadastrados ( linhas adutoras, redes, válvulas, reservatórios, etc.).

TELA3 300x161 Projetos sobre a água recebem prêmio pelo uso de informações geográficasCom a implantação desta ferramenta georeferenciada, os técnicos e gerentes da sabesp sabem com exatidão de onde foram registradas as chamadas de reclamação de falta de água e se são residencias, comércio, instituições ou industrias e que naquele momento estão fazendo a reclamação de falta de água.

Através da interface com o sistema comercial existente, o sistema signos/ arcgis implantado e a aplicação web, é possível interpolar camadas de informações visualizando todo o sistema de abastecimento e tendo subsídio para tomadas de decisão.

Além da aplicação web (intranet) que é visualizada por toda empresa, a aplicação também está disponivel de forma móvel, podendo ser visualizadas em celulares, tablets, etc, pelos tecnicos e gerentes, opção antes nunca utilizada.

Cerimônia de Premiação

A ordem dos vencedores da categoria “Gestão Pública” será revelada durante a cerimônia de premiação do Prêmio MundoGEO#Connect 2015, que será realizada no dia 6 de maio, segundo dia do MundoGEO#Connect LatinAmerica 2015. O evento acontecerá no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP). Faça o registro gratuito na feira de produtos e serviços para participar da cerimônia.