Estudo inédito abrange 38 cidades ao redor do mundo. No Brasil estão disponíveis análises para Rio de Janeiro e São Paulo

Para desenvolver uma visão mais ampla de como nos movemos em torno de ambientes densamente povoados, a HERE Technologies lançou o Índice de Mobilidade Urbana, uma ferramenta on-line interativa que visualiza a mobilidade urbana em 38 cidades do mundo.

Índice de Mobilidade Urbana 300x168 HERE Technologies lança Índice de Mobilidade UrbanaNesta primeira edição do índice, a empresa usou como base dados próprios e de código aberto para avaliar as cidades em vários indicadores.

Isso inclui não apenas congestionamento e tempo gasto no trânsito, mas também a velocidade, eficiência, automação e a acessibilidade econômica da rede de transporte público de cada localidade.

Também foram avaliadas as cidades em termos da prevalência de seus espaços verdes, implantação de zonas de baixa emissão e a disponibilidade de pontos de carregamento de veículos elétricos e compartilhamento de bicicletas.

“O Índice de Mobilidade Urbana fornece uma nova lente através da qual podemos explorar a mobilidade urbana em diferentes cidades”, disse Peter Kürpick, vice-presidente executivo e diretor de plataforma da HERE Technologies. “As métricas que escolhemos baseiam-se em uma ampla gama de dados para mostrar onde as principais cidades estão fornecendo mobilidade urbana para seus cidadãos e visitantes”, explica Kürpick.

Geo e Drones na Indústria 4.0

Você já pode marcar na sua agenda: de 25 a 27 de junho acontecem em São Paulo (SP) os eventos MundoGEO Connect e DroneShow 2019, os maiores da América Latina e entre os cinco maiores do mundo no setor. Alinhados às tendências globais e com foco na realidade regional, o tema geral dos eventos este ano será “Geotecnologia e Drones na Indústria 4.0”.

Instagram Imagem Post B2 300x300 HERE Technologies lança Índice de Mobilidade UrbanaOs conteúdos dos cursos, palestras e debates estão sendo formatados por um time de curadores para atender as demandas de empresas, profissionais e usuários principalmente nos setores de Agricultura, Cidades Inteligentes, Governança Digital, Infraestrutura, Meio Ambiente, Recursos Naturais, Segurança e Defesa.

Dentre as tecnologias disruptivas que estarão em destaque, estão Big Data, Inteligência Artificial / Machine Learning, Internet das Coisas, Realidade Virtual e Aumentada, BIM, Tecnologia Autônoma, entre outras, tudo isso cada vez mais integrado às Geotecnologias (Mapeamento, Cadastro, Imagens de Satélites, Inteligência Geográfica, GIS).

Veja a programação completa de cursos e seminários e garanta sua vaga! Confira um resumo de como foi a última edição dos eventos MundoGEO Connect e DroneShow:

Imagem: Divulgação