mundogeo | GeoDrops

GeoDrops

Erros de gravação na TV MundoGEO

Por Eduardo Freitas | 20h05, 14 de Novembro de 2013

Sexta-feira de manhã é o dia em que eu mais me diverto aqui na MundoGEO, com a gravação dos vídeos com os destaques da semana.

Eu e meus colegas Alexandre e Guilherme vamos pro estúdio e o que se vê é um festival de esquecimentos, gaguejadas e eventualmente um ou outro ataque de riso.

Geralmente não levamos menos do que 1 hora pra gravar um vídeo que acaba ficando com 3 ou 4 minutos, como este da semana passada, que tinha como foco o fim do prazo para georreferenciamento de imóveis rurais, mas no fim (a partir de 3min17s) conta com uns errinhos de gravação:

Gostou? Dá um joinha!

E não se esqueça de se inscrever no canal para receber os vídeos em primeira mão icon wink Erros de gravação na TV MundoGEO

share save 171 16 Erros de gravação na TV MundoGEO

Semana Geo, Workshop Anac e Mudanças no Setor

Por Eduardo Freitas | 20h29, 19 de Setembro de 2013

E seguimos com a série de vídeos com os destaques da semana no setor de geotecnologia. Na última sexta-feira nós gravamos um vídeo com o balanço da Semana de Webinars MundoGEO, que aconteceu de 9 a 13 de setembro e reuniu 7.125 inscritos de quase 40 países.

As nações com maior número de participantes – além do Brasil, é óbvio – foram: Peru, Colômbia, Argentina, México, Portugal, Espanha, Equador, Bolívia, Chile, Venezuela, Uruguai, Paraguai, Costa Rica, Moçambique, Honduras, Angola, Estados Unidos, Guatemala, Alemanha, El Salvador, Itália, República Dominicana, França, Bulgária, Bélgica, Panamá, Romênia, Jamaica, Indonésia, Canadá, Belize, Nigéria, Nicarágua, Austrália e Gabão, entre outros.

Foi realmente uma “maratona” de seminários online, mas valeu a pena tanto pela quantidade de pessoas que conseguimos reunir ao longo da semana, como também pela qualidade das apresentações e também dos questionamentos feitos pelos participantes. Alguns arquivos (pdf e vídeo) já estão disponíveis no hotsite de cada webinar. E algumas empresas estão inovando, com a inclusão também do histórico de todas as perguntas e respostas feitas durante e após cada evento.

Workshop Anac

E na semana anterior o destaque foi o Workshop sobre VANTs realizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), no qual esteve presente meu colega Alexandre, que fez uma análise do que viu por lá:

E na mesma semana, o Emerson Granemann (diretor e publisher da MundoGEO) gravou este vídeo que inaugura a série “MundoGEO Café”, com sua opinião sobre o que deve mudar no setor de geotecnologia para que o mercado se desenvolva:

Lembrando que está aberta somente até essa sexta-feira (20 de setembro) uma pesquisa online na qual solicitamos que a própria comunidade indique quais são os temas estruturais e fundamentais para valorizar, fortalecer e proporcionar um crescimento sustentável do setor de geomática no Brasil.

O que você achou dos vídeos? Não esqueça de deixar um comentário e se inscrever no Canal MundoGEO para receber os vídeos em primeira mão!

share save 171 16 Semana Geo, Workshop Anac e Mudanças no Setor

Proposta na mesa da ICA: Comissão de Neocartografia

Por Eduardo Freitas | 15h08, 14 de Abril de 2011

A criação de uma comissão específica sobre a polêmica “neogeografia” está nas mãos da Associação Internacional de Cartografia (ICA, na sigla em inglês).

O objetivo é colocar em sintonia os cartógrafos “tradicionais” com as atuais tecnologias de mapeamento na web, como portais de mapas online, redes sociais e games baseados localização, geocolaboração em tempo real, entre outros assuntos que são triviais para quem faz parte da geração Z.

Este próprio termo “neogeografia” ou “neocartografia” já foi assunto para debates acalorados, seja em blogs e listas de discussão ou em eventos presenciais, como o seminário Geoweb & GPS, em abril de 2009, no qual o tema “mashups, neogeografia e mapeamento colaborativo” literalmente “causou” (podcast aqui, em mp3).

neocartografia Proposta na mesa da ICA: Comissão de NeocartografiaQualquer um pode contribuir na proposta da ICA, nas categorias member, contributor, observer e supporter. Submetido por Steve Chilton (Universidade Middlesex), o documento já conta com alguns nomes de peso, como Mike Goodchild (Universidade de Santa Barbara) e Ed Parsons (Google). O próximo passo será a aprovação na conferência da ICA que acontecerá em julho na França.

Um pouco antes disso, no dia 14 de junho, acontece durante o MundoGEO#Connect em São Paulo o Seminário Geolocalização & Negócios com o tema “conheça as novas aplicações e modelos de negócios que integram análise geográfica e serviços baseados em localização”. Será uma oportunidade única para conhecer mais sobre este amplo mercado dos Serviços Baseados em Localização (LBS), com a presença de especialistas que vão debater as oportunidades e novos modelos de negócios desse setor.

E você, o que acha desta tal “neogeografia”?

share save 171 16 Proposta na mesa da ICA: Comissão de Neocartografia

Tudo novo .. de novo

Por MundoGEO | 19h59, 31 de Janeiro de 2011

Blogando no portal MundoGEO versão 3.0, ainda com cheirinho de novo, encaminhando-se para a sua versão 3.1.

logo mundoGEO portal 150x150 Tudo novo .. de novoA home do novo portal foi totalmente reformulada, com notícias em destaque, guia de empresas, agenda de eventos, conexão com redes sociais, vídeos. Todo mundo ainda está se achando, mas a maioria aprovou a nova plataforma. E você, o que achou do portal MundoGEO?

Há vagas

Os blogs estão voltando ao normal agora. Estamos buscando novos blogueiros que estejam dispostos a colaborar com este espaço sobre geotecnologias. Caso tenha interesse, entre em contato pelo email editorial at mundogeo dot com e comece já a blogar com a gente!

share save 171 16 Tudo novo .. de novo

Injeção de sensoriamento remoto na veia

Por MundoGEO | 11h01, 01 de Outubro de 2009

Injeção na veia. Foi este o termo usado por um participante do Seminário 1001 Utilidades das Imagens de Satélites para definir o que aconteceu ontem no Hotel Bourbon Ibirapuera, em São Paulo.

Foram vários meses de preparativos, convites a palestrantes de debatedores, divulgação via portal, revistas, assessoria de imprensa, Twitter, Facebook, LinkedIn e email marketing (aqui abro um parênteses para falar sobre o envio de informações sobre o Seminário para a mesma base que recebe o informativo MundoGEO. Infelizmente, ainda não temos uma ferramenta para separar quem só deseja receber o informativo de quem também permite receber informações comerciais da MundoGEO. Isso estará disponível em breve), para condensar tudo em um só dia, com uma "overedose" de geoinformação.

Porém, o Seminário não termina aqui. Dentro de alguns dias vamos disponibilizar os principais momentos no canal da MundoGEO no YouTube, com a possibilidade de postar comentários sobre as palestras/debates. Além disso, alguns trechos serão disponibilizados também em podcast, no formato mp3, para quem esteve presente relembrar alguns pontos e também para quem não teve a possibilidade de assistir ao vivo saber o que rolou.

Durante o evento fizemos uma cobertura em tempo real pelo Twitter do Seminário, com vários posts a cada debate. Nossa intenção era receber perguntas aos palestrantes também pelo Twitter, mas não chegou nenhuma icon smile Injeção de sensoriamento remoto na veia . Talvez por ainda ser novo, com poucos seguidores, o Twitter do Seminário não tenha surtido o efeito esperado. Para o próximo evento, esperamos uma participação maior através dessa ferramenta.

Agenda

A programação do Seminário foi muito dinâmica, com 23 palestrantes/debatedores em um mesmo dia. Destaque para a palestra inicial, do meu ex-colega de faculdade Wilson Holler, hoje na Embrapa, que fez um apanhado geral sobre conceitos de sensoriamento remoto e sobre as diversas opções de sensores orbitais e aerotransportados disponíveis hoje e em um futuro próximo.

Na sequência veio um debate sobre as diferenças e complementaridades entre imagens orbitais e fotos aéreas. Neste painel houve alguns excessos comerciais, já que cada debatedor queria "vender o seu peixe", porém foi o que teve maior número de perguntas, o que mostrou o interesse dos participantes sobre como escolher entre essas tecnologias.

O último debate da manhã teve como foco os sensores radar e laser, que vão além das possibilidades dos sistemas óticos, podendo mapear áreas mesmo em presença de nuvens ou de vegetação densa, tanto de dia como à noite. Três representantes de sensores orbitais e um de sensor aerotransportado mostraram como essa tecnologia tem evoluído no Brasil.

No início da tarde, um dos destaques foi o palestrante do Inpe, José Carlos Epiphanio, que falou sobre a marca de 1 milhão de imagens de satélites distribuídas gratuitamente pelo Instituto. Mateus Batistella, da Embrapa Monitoramento por Satélites, também falou sobre como as geotecnologias podem contribuir para o desenvolvimento sustentável do país.

Na sequência, dois debates parecidos, sobre sensoriamento remoto para áreas urbanas e rurais, mostraram como a tecnologia, tanto orbital como aerotransportada, contribui para o mapeamento dessas áreas. Depois do coffee break e do famoso "networking", veio um debate sobre as possibilidades de atualização cartográfica, mostrando como o mapeamento está ficando cada vez mais fácil e econômico.

Para fechar, dois representantes de grandes empresas fornecedoras de imagens orbitais falaram sobre os novos modelos de negócios que estão surgindo, tanto para a aquisição  – como por exemplo acesso online e quiosques globais de imagens – como para o uso de dados – como por exemplo a migração do 2D para 3D e novos segmentos que utilizam informação geoespacial.

Sorteio

Ao final do dia, com o auditório ainda cheio, foram sorteados os seguintes brindes: um kit MundoGEO, com assinatura das três revistas, um livro e uma camiseta; uma entrada para o próximo seminário, a ser realizado em dezembro; uma imagens de acervo dos satélites GeoEye ou Ikonos, com 49 quilômetros quadrados, cortesia da Space Imaging; e um Ipod Shuffle com 4Gb de memória, cortesia da Santiago & Cintra Consultoria.

Pena que ninguém da equipe MundoGEO podia concorrer icon smile Injeção de sensoriamento remoto na veia

Próximo seminário

O terceiro Seminário MundoGEO será realizado no início de dezembro (provavelmente no dia 3), novamente em São Paulo, com o título e tema (preliminares): Google Maps e Earth para Empresas – Descubra como as ferramentas enterprise do Google podem impulsionar o seu negócio.

Fique ligado!

share save 171 16 Injeção de sensoriamento remoto na veia
  • Eduardo Freitas
    @eduardo
    Diretor de Operações do MundoGEO. Engenheiro Cartógrafo, Técnico em Edificações, Especialização em Gestão Estratégica de EAD. Tradutor dos informativos GeoSur e OGC Iberoamérica. Nas horas vagas: pão caseiro, comida japonesa e meia-maratona

    Diretor de Operações do MundoGEO. Engenheiro Cartógrafo, Técnico em Edificações, Especialização em Gestão Estratégica de EAD. Tradutor dos informativos GeoSur e OGC Iberoamérica. Nas horas vagas: pão caseiro, comida japonesa e meia-maratona

  •