Depois do sucesso do post com o mapa das Alterações climáticas 1900-2100 segundo a classificação KÖPPEN-GEIGER, o livro “Google Earth na Sala de Aula” apresenta um novo recurso cartográfico com a temática do clima como pano de fundo. Desta vez o livro publica o mapa dinâmico à escala mundial com a temperatura média mensal.

range Mapa mundial dinâmico da temperatura média mensalOs dados originais usados para criar este mapa foram um conjunto de 12 imagens grid (ou raster), com a temperatura média mensal, com resolução espacial de 1Km2. Estes grids foram interpolados com base em dados meteorológicos de temperatura média obtidos através de uma rede com mais de 14.000 estações espalhadas pelo mundo, tal como estão representadas na imagem. A maioria das estações têm um registo de dados contínuo entre os anos de 1950 a 2000, com algumas excepções de estações mais recentes como a da Amazónia, de modo a cobrir da melhor maneira a superfície terrestre. A fonte foi o sítio de Internet WorldClim – Global Climate Data, que cria e distribui dados espaciais para modelação ecológica e ambiental (GIS). Este sítio de Internet tem Conjunto de Dados Geográficos (CDG) sobre temperatura (mínima, média e máxima), precipitação e variáveis bioclimáticas. Estes dados são gratuitos e têm tido um uso recorrente em modelação espacial para fins académicos por parte de investigadores.

Temperatura1 300x160 Mapa mundial dinâmico da temperatura média mensal

Geoprocessamento de Temperatura Média

De entre os recursos cartográficos disponibilizados pelo “Google Earth na Sala de Aula” (pode ver os mapas existente no canal de Youtube do livro), este foi, sem dúvida, o que teve mais trabalho de geoprocessamento. Com base nestes mapas grid de temperatura média mensal do WorldClim, foi feita a conversão do formato grid para vetor (vetorização) com amplitudes de 10˚C de temperatura entre cada polígono. Realizaram-se geoprocessamentos de generalização cartográfica (eliminação de polígonos pequenos e sua posterior simplificação) para se conseguir um ficheiro mais limpo e simples, tal como esta apresentado na imagem. Por último exportou-se o resultado para KML e procedeu-se à atribuição da 4º dimensão nos mapas: o intervalo de tempo de cada mês.

O resultado deste trabalho é um arquivo KML constituído por 12 mapas com a temperatura média observada num determinado mês. Recorrendo ao comando de navegação no tempo, consegue-se criar uma animação automática com os dados, visualizando a dinâmica da temperatura ao longo do ano. Pode comparar as temperaturas nos solstícios no hemisfério norte e sul e ver as amplitudes térmicas (médias) dos vários países.

Explore e baixe gratuitamente este mapa através do URL existente no filme Youtube onde explica a sua aplicação e uso.

Se pretende começar a criar os seus próprios mapas e apresentar os seus conteúdos programáticos e de pesquisa no Google Earth, tem agora a oportunidade para o fazer. Em novembro de 2014 vai iniciar-se o curso on-line “Google Earth na Sala de Aula: Professores e Pesquisadores” no instituto GEOeduc. Esteja atento que no próximo post será apresentado o programa do curso.

Acompanhe a publicação de novos recursos e mapas do livro subscrevendo o canal Youtube com os filmes demonstrativos da aplicação dos mapas e curtindo a página do facebook do livro. Desfrute de mais este recurso, partilhando o conhecimento com os seus alunos e colegas com criatividade e originalidade.

share save 171 16 Mapa mundial dinâmico da temperatura média mensal