O Centro de Pesquisas Aplicadas em Geoinformação (Cepag) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) recebeu seu laboratório na tarde da última terça-feira (19/11).

O espaço inaugurado no Setor de Ciências da Terra, no Centro Politécnico, conta com computadores, GPS e drones que podem ser usados para serviços de levantamento e mapeamento de diferentes áreas.

Projetos para meio ambiente e transportes, por exemplo, podem ser desenvolvidos com a alta tecnologia.

A usina fotovoltaica em construção no estacionamento do Setor de Ciências Biológicas, no Centro Politécnico, já está sendo mapeada pelo Cepag. Além disso, o Centro desenvolve o UFPR CampusMap, um projeto voltado para o mapeamento dos campi da Universidade para gerar uma base atualizada de dados sobre a estrutura de cada campus, tanto de seus ambientes externos quanto internos. O laboratório também recebe pesquisas em andamento com levantamento de moradias de baixo custo, área urbana e ambiental.

O diretor do Setor de Ciências da Terra, Alzir Felippe Antunes, ressalta que os estudos do Cepag podem auxiliar na gestão pública e tomada de decisões:

“É um Centro importante, porque o geoprocessamento é uma ferramenta muito útil para decisões e planejamento ambiental, urbano e social. Não se pode fazer nada num local sem dados sobre ele”

A cerimônia de inauguração teve a presença do reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, e da vice-reitora da Universidade, Graciela Bolzón de Muniz. O Cepag é coordenado pelo professor Leonardo Ercolin Filho, com vice-coordenação da professora Luciene Delazari.

Soluções Inovadoras para Mercados Verticais

Vem aí o DroneShow MundoGEO Connect 2020, que acontece de 19 a 21 de maio no Centro de Convenções Freia Caneca, em São Paulo (SP) com o tema SOLUÇÕES INOVADORAS para MERCADOS VERTICAIS.

droneshow e mundogeo connect 2020 solucoes inovadoras para mercados verticais

Será um verdadeiro festival de atrações: várias arenas com apresentações inovadoras, uma grade com cursos básicos e avançados, seminários e fóruns temáticos, espaço para experimentação de tecnologias 3D, premiação dos melhores projetos, lugar para encontros agendados para geração de negócios e troca de experiências, além da maior feira do setor nas Américas em número de visitantes.

Confira um resumo de como foi a última edição do DroneShow e MundoGEO Connect:

Imagem: André Filgueira / Sucom-UFPR