Os ministérios de Minas e Energia (MME) e da Ciência e Tecnologia (MCTIC) preparam estratégias integradas para estimular a pesquisa e o desenvolvimento de tecnologias para mineração, energia elétrica e produção de petróleo, gás e biocombustível.

Os ministros titulares das pastas, Bento Albuquerque (MME) e Marcos Pontes (MCTIC), assinaram recentemente portaria conjunta criando um grupo de trabalho interministerial que, nos próximos 45 dias, deverá elaborar o plano e propor as medidas administrativas e legais para viabilizar a aproximação entre os setores de mineração e de energia dos centros de pesquisa.

“O MCTIC sabe onde estão os melhores laboratórios, os melhores centros de pesquisa para esse desenvolvimento”

Ministro Bento Albuquerque

O Ministro Marcos Pontes complementou:

“Estamos no ministério que sabe muito bem todo o potencial que o país tem de transformar toda riqueza natural em bens e qualidade de vida”

Recursos não utilizados

De acordo com Albuquerque, há recursos para incrementar as pesquisas nos setores de mineração e energia:

“Falta de recursos não há, o que falta é governança. Existem recursos e estão dispersos, são dissociados dos resultados que eles poderiam proporcionar e, muitas vezes, não são aplicados. Ficam aguardando os projetos serem viabilizados.”

De fato, as agências reguladoras já dispõem de recursos para pesquisa, arrecadados juntos às empresas, e que não estão sendo utilizados. Só no caso da Agência Nacional do Petróleo, dos R$16 bilhões disponíveis, só apenas R$6 bilhões foram gastos.

O objetivo é sofisticar as cadeias produtivas e agregar valor, por exemplo, na transformação de commodities (produtos primários negociados em mercados internacionais) minerais.

“Nós somos exportadores de commodities e não conseguimos agregar valor. Isso só será feito pela ciência e tecnologia”

Soluções Inovadoras para Mercados Verticais

Estão abertas as inscrições no DroneShow MundoGEO Connect 2020, que acontece de 19 a 21 de maio no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP) com o tema Soluções Inovadoras para Mercados Verticais. O evento apresenta as aplicações das geotecnologias e drones na Agricultura, Florestas, Construção, Smart Cities, Segurança, Defesa, Utilities, Mineração, Óleo e Gás, Energia, Logística, Meio Ambiente, Transportes e Infraestrutura em geral. Conheça a programação completa e garanta sua vaga!

droneshow e mundogeo connect 2020 solucoes inovadoras para mercados verticais

Será um verdadeiro festival de atrações: várias arenas com apresentações inovadoras, uma grade com cursos básicos, avançados e práticos, seminários e fóruns temáticos, espaço para experimentação de tecnologias 3D, premiação dos melhores projetos, lugar para encontros agendados para geração de negócios e troca de experiências, além da maior feira do setor nas Américas em número de visitantes, onde estarão presentes os principais desenvolvedores, fabricantes, distribuidores, fornecedores de tecnologia e prestadores de serviços do setor. Veja quem já reservou seu lugar na feira.

Confira um resumo de como foi a última edição do MundoGEO Connect e DroneShow, que contou com 3.800 participantes, 120 marcas, 200 palestrantes e 40 atividades:

Com informações da Agência Brasil. Imagens: Divulgação