O mapa dinâmico criado pelo Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas da Universidade Johns Hopkins, de Baltimore, nos Estados Unidos, que possibilita o acompanhamento dos casos de contágio e mortes ocasionadas pelo coronavírus, com localizações exatas dos registros da doença, já se tornou uma das principais fontes de informação sobre abrangência da doença.

Segundo a empresa americana Esri, desenvolvedora do ArcGIS, o Sistema de Informações Geográficas utilizado como base para a criação do mapa, o app viralizou desde que foi lançado ao público na última quarta-feira (22/1).

“É um dos aplicativos mais acessados na história do uso de nossa tecnologia”

revela Hiran Zani, Engenheiro de Soluções da Esri

Atualizado diariamente e com acesso público e gratuito, o Wuhan Coronavirus Global Cases oferece o número de ocorrências por estados e países, a quantidade de casos confirmados, de óbitos e de pacientes recuperados, além da evolução do surgimento de novos casos da doença, conhecida desde 1960 e que voltou a assombrar a saúde pública mundial.

“O aplicativo reúne dados das principais fontes oficiais de informações a respeito do vírus, como a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos EUA (CDC) e a Comissão Nacional de Saúde da China. Em casos como esse, é comum a disseminação de notícias falsas e contraditórias. Esse mapa informa o público geral, de maneira transparente, sobre total de casos confirmados, total de mortes e recuperações”

Bastante utilizada no combate de disseminação de doenças, a tecnologia GIS – responsável por agrupar e cruzar as informações oficiais com insumos geográficos – foi, inclusive, utilizada na época da epidemia ebola, em 2014, a segunda maior epidemia da história que chegou a matar mais de 11 mil pessoas na África Ocidental.

“Neste caso, um dos benefícios da utilização do ArcGIS, é que ele possibilitou a rápida publicação dos dados coletados pelas agências, em uma interface dinâmica e amplamente acessível ao público em geral”

explica Caio Riebold, Arquiteto de Soluções na Imagem, distribuidora oficial da Esri no Brasil

Segundo o especialista, visualizar as informações em contexto geográfico facilita a análise do problema e, consequentemente, auxilia na rápida definição de respostas e tomada de decisões.

“Uma tecnologia que dá a distância exata entre duas localidades que apresentaram casos confirmados, ajuda o poder público a concluir se aquela é uma região de risco ou se são apenas casos isolados, podendo, desse modo, tomar medidas mais assertivas para controle ou prevenção de novos contágios”

Confira o aplicativo Wuhan Coronavirus Global Cases.

Soluções Inovadoras para Mercados Verticais

Estão abertas as inscrições no MundoGEO ConnectDroneShow 2020, que acontece de 19 a 21 de maio no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP), com o tema Soluções Inovadoras para Mercados Verticais.

Será um verdadeiro festival de atrações: arenas com apresentações inovadoras; cursos básicos, avançados e práticos; seminários e fóruns temáticos; experimentação de tecnologias 3D; premiação dos melhores projetos; plataforma para agendamento de reuniões. Quem quiser economizar até 50% e ainda ter liberdade de assistir todos os seminários e fóruns pode optar por adquirir um passaporte. Acesse a programação completa e garanta sua vaga!

droneshow e mundogeo connect 2020 solucoes inovadoras para mercados verticais

Em paralelo às atividades acontece a maior feira de Geotecnologias e Drones nas Américas em número de visitantes, onde estarão presentes as principais empresas e marcas do setor. Neste vídeo de apenas 3 minutos você pode conferir um resumo de como foi a última edição do MundoGEO Connect e DroneShow:

Imagem: Divulgação