O Censo Demográfico 2020 entrará de casa em casa para compor um novo retrato da realidade do Brasil.

Para executar esta tarefa, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai contratar temporariamente 208.695 pessoas, por meio de dois editais de Processos Seletivos Simplificados (PSS) a serem lançados nesta quinta-feira (dia 5).

A função que oferece maior número de vagas (180.557) é a de Recenseador, exigindo nível de ensino fundamental. O outro edital visa preencher 5.462 vagas de Agente Censitário Municipal (ACM) e 22.676 vagas de Agente Censitário Supervisor (ACS), ambas as funções de nível médio. As inscrições estarão abertas de 5 a 24 de março, no site do Cebraspe.

A remuneração mensal prevista para o Agente Censitário Municipal é de R$ 2.100,00. Ele desempenha a função de gestor de uma equipe de agentes supervisores e de recenseadores. O Agente Censitário Supervisor receberá R$ 1.700,00 por mês, cumprindo funções técnicas, administrativas e operacionais. Já o Recenseador ganhará por produtividade, a depender da área de coleta de dados e da quantidade de estabelecimentos recenseados.

Desta vez, até mesmo quem trabalhou no IBGE com contrato temporário nos últimos meses poderá participar dos processos seletivos. Portanto, recenseadores e supervisores do Censo Agro 2017 e do Censo Experimental 2019 estão aptos a concorrer novamente, de acordo com a recém-editada Medida Provisória 922/20, que alterou as regras para contratação temporária de pessoal no serviço público federal previstas na Lei 8.745/93.

As provas para ACM e ACS serão aplicadas no dia 17 de maio, nos 4.612 municípios onde há disponibilidade de vagas. No fim de semana seguinte (dia 24 de maio), ocorre em todos os 5.569 municípios do País a prova para Recenseador. A diferença de datas permite ao concorrente participar dos dois processos seletivos. Como todas as cidades brasileiras terão pelo menos um local de prova para a função de Recenseador, não há necessidade de o candidato deslocar-se para um município vizinho. O IBGE realiza as provas de seus processos seletivos usualmente das 13h às 17h, o que permite aos candidatos que residem em municípios de grande extensão ou cujo deslocamento seja mais difícil chegarem aos locais de prova com tranquilidade.

Outra facilidade é que, no momento da inscrição, o candidato pode escolher sua área de trabalho dentro do município. A ideia é que os aprovados estejam perfeitamente ambientados à sua região de trabalho. “O objetivo é direcionar a seleção daqueles candidatos que sejam familiarizados com aspectos básicos desses locais, como acesso, geografia, segurança e características culturais”, explica Bruno Malheiros, coordenador de Recursos Humanos do IBGE. “Por exemplo, na cidade do Rio de Janeiro, há vagas para comunidades como Rocinha, Maré e Complexo do Alemão, entre outras. Já em Monte Alegre de Goiás, o candidato a recenseador pode optar por áreas com povos tradicionais, como a Comunidade Quilombola Kalunga”, acrescenta.

A taxa de inscrição para as funções de nível médio é de R$ 35,80 e para Recenseador, de R$ 23,61. Os valores podem ser pagos em qualquer banco, casa lotérica ou pela internet.

Ao candidato que obtiver melhor classificação será oferecida a vaga de Agente Censitário Municipal definida para cada Unidade da Federação. Aos demais candidatos classificados serão asseguradas as vagas de Agente Censitário Supervisor definidas para a Unidade da Federação ou Posto de Coleta, obedecida a ordem de classificação. Os resultados das provas serão divulgados nos meses de junho (ACM e ACS) e julho (Recenseador) e as contratações ocorrem logo em seguida. O trabalho de campo do Censo 2020 começa em agosto.

Haverá período de treinamento para recenseadores, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de cinco dias e carga horária de 8h diárias. Os candidatos que tiverem no mínimo 80% de frequência no treinamento farão jus a uma ajuda de custo. O prazo do contrato de trabalho temporário para Recenseador é de três meses, com possibilidade de prorrogação. Para as demais funções, a previsão contratual é de cinco meses.

Soluções Inovadoras para Mercados Verticais

Estão abertas as inscrições no MundoGEO ConnectDroneShow 2020, que acontece de 19 a 21 de maio no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP), com o tema Soluções Inovadoras para Mercados Verticais.

Será um verdadeiro festival de atrações: arenas com apresentações inovadoras; cursos básicos, avançados e práticos; seminários e fóruns temáticos; experimentação de tecnologias 3D; premiação dos melhores projetos; plataforma para agendamento de reuniões. Quem quiser economizar até 50% e ainda ter liberdade de assistir todos os seminários e fóruns pode optar por adquirir um passaporte. Acesse a programação completa e garanta sua vaga!

droneshow e mundogeo connect 2020 solucoes inovadoras para mercados verticais

Em paralelo às atividades acontece a maior feira de Geotecnologias e Drones nas Américas em número de visitantes, onde estarão presentes as principais empresas e marcas do setor. Neste vídeo de apenas 3 minutos você pode conferir um resumo de como foi a última edição do MundoGEO Connect e DroneShow:

Imagem de capa: Simone Mello/Agência IBGE Notícias